Natação - a vocação de um povo.


Uma coisa é certa o exemplo de Jader mostra mais uma vez que o esporte (Amador), é um instrumento que mexe com a estima de um povo, que eleva o regionalismo , nacionalismo e o orgulho de sua terra, mas não pode ser usado apenas como exploração de mídia, o governo fez a parte dele dando apoio necessário nestes ultimos oito meses e promovendo a festa que o mesmo merece,mas também devemos nos solidarizar com todos aqueles anteriores e principalmente aos professores Silvio e Dorica, que não só o apoiaram apenas quando já era uma realidade, mas sim desde os oito anos de idade , estes também devem ser festejados.Mas quanto a observação principal que tenho a fazer é que, não fui a festa do Jader por compromisso no trabalho , mas fui por volta das 19:30 hrs à piscina , poís minha filha iria competir pela Escolhinha de natação da policia Militar "Peixinhos Voadores", para minha grata surpresa as competições continuavam e a piscina continuava repleta de público prestigiando, mesmo sem a presença de Jader, este é o principal resultado que queremos com o sucesso do Jader, mas para minha surpresa ao assistir a cobertura da festa de Jader em uma emissora de Televisão de grande audiência ,não assistir sequer uma cena do torneio que estava sendo realizado como parte da homenagem a Jader, resultado, piscina Euclides Rodrigues (não confundir com o escritor Euclides da Cunha) vazia no dia posterior. Não podemos ser oportunistas no sucesso dos outros explorando-o na mídia , mas sim dando apoio efetivamente ao mesmo e ao esporte e esportistas que ele representa (a sociedade).

Obs. Tá mais do que claro que o esporte de vocação do povo Amapaense é a natação, vamos apoia-la efetivamente( governo,prefeitura, imprensa e principalmente empresários) da forma que ela merece, não só dos governos , poís todos só sabem cobrar deles e esquecem a responsabilidade social das instituições privadas e não governamentais.

José Furtado Leite