Uma notícia de risco para o Brasil


Um e-mail assinado por Celso Santos, da Editora Abril, faz um alerta para fatos que estão acontecendo nos Estados Unidos e têm relação com o Brasil, mais específicamente com a Amazônia e o Pantanal. Segundo Celso Santos, recentemente o jornal O Estado de São Paulo publicou uma notícia com apenas três linhas, fazendo referência à denúncia de um brasileiro que vive nos EUA. Esse brasileiro garante que os livros de geografia dos americanos mostram um mapa do Brasil de onde foram amputados o Estado do Amazonas e o Pantanal matogrossense. Junto com os livros e os mapas fraudados, estão ensinando que essas duas áreas são internacionais, evidentemente preparando a opinião pública para uma intervenção.

Essas infiltrações americanas pelos territórios brasileiros, ou de forma física como as tristemente célebres "missões religiosas", ou, como agora, pela tentativa de justificar antecipadamente uma futura intervenção já ocorrem há muito tempo. As denúncias nunca tiveram uma atenção desejada, e os debates sobre a questão se fizeram por curtos períodos, se bem que ao longo do tempo. A biodiversidade tanto da Amazônia com do Pantanal são reservas preciosas e imensas, em um mundo que por vir sendo tratado de forma irresponsável vê suas riquezas sendo exauridas, e tudo isso não pode estar de fora do olho da cobiça internacional. E não se deve ter dúvidas de que os americanos, que nunca respeitaram ninguém quando seus interesses estão em jogo, não vão começar respeitando o Brasil, se decidirem ocupar essas regiões. Por se saber dessa crônica ambição, é que nos assusta mais ainda a possibilidade de o governo brasileiro praticamente entregar um pedaço do País, para a montagem de um enclave deles, aqui, em Alcântara no Maranhã
o.

( Antonio Corrêa Neto ) 15-11-2001