O povo quer discutir saúde.
Isso ficou provado hoje e as fotos comprovam. Há um sentimento de
indignação popular que nada tem a ver com política ou políticos
diretamente. É uma luta pela sobrevivência: ou melhora a saúde pública no
Amapá ou muito mais gente vai morrer.