PROMOTORIA DE AMAPÁ DENUNCIA EX-DONO DO BRUNSWICK POR CRIME CONTRA A FAUNA E A FLORA

A Promotoria de Justiça da Comarca de Amapá, através do Promotor ANDRÉ ARAÚJO, apresentou esta semana denúncia contra JOÃO EVANGELISTA ALVES PEREIRA, que no passado foi dono do Supermercado Brunswick, por crime contra a fauna e a flora.

Segundo a denúncia, consta dos documentos fornecidos pelo IBAMA ao Ministério Públicio, que o denunciado ao longo de vários anos e até a presente data vem causando danos ao meio ambiente através do manejo inadequado de gado bubalino na região conhecida como Rmudo, em Amapá

Segundo consta, o denunciado é proprietário de uma área de aproximadamente 9 ha, onde mantém 600 búfalos, sendo que esta quantidade é maior do a área pode aguentar, causando danos ao meio ambiente em razão do pisoteio dos animais.

A atividade desenvolvida por JOÃO EVANGELISTA, sem as devidas licenças, se dá de forma predatória, além da descaracterização do solo, que vem favorecendo o aparecimento de espécies de plantas nocivas à fauna, especialmente a silvestre, bem como a secagem dos lagos no verão, o que também fez desaparecer muitos animais que ali habitavam.

Outra consequencia apontada foi o assoreamento dos cursos dágua, em razão da destruição da vegetação à margem do rio, tanto de forma voluntária como pela ação dos animais.

O Juiz de Amapá, ao receber os documentos e a denúncia assim se manifestou:

"Recebo a denúncia. Cite-se. Designe-se data para interrogatório. Expeça-se precatória para a Comarca de Macapá. Intimem-se. Juntem-se certidões atualizadas do réu. Notifique-se MP. Amapá, 23 de janeiro de 2008. HERALDO NASCIMENTO DA COSTA Juiz de Direito". "