Sebrae e Seama iniciam os cursos do Seama Comunidade

O Sebrae Amapá é o primeiro parceiro do programa que acontece do dia 28 de janeiro a 1º de fevereiro

Assessoria de Comunicação do Sebrae/Ap
Fotos: Beliza Alfaia

O Programa Seama Comunidade já está em sua 10ª edição e, em 2008, conta com a parceria do Sebrae Amapá, atuando em conjunto na prestação de cursos e palestras de cunho empreendedor. O Sebrae é o primeiro parceiro do programa. Os cursos gratuitos iniciaram nesta segunda-feira (28), na Faculdade Seama.

Este ano mais de 840 pessoas da comunidade em geral estão sendo beneficiadas por meio da realização de cursos e palestras de caráter profissional

Ana Lídia Alves, coordenadora de extensão da Faculdade Seama, explica que o projeto iniciou no ano de 2001 e sempre acontece nos meses de janeiro e julho quando a Instituição se encontra em período de férias acadêmicas e dispõe de seus espaços para realizar uma atividade que contribua com a comunidade. “O Seama Comunidade é um projeto de responsabilidade social que proporciona habilitação gratuita para evolução profissional dos indivíduos da comunidade onde a instituição está inserida” disse.

Segundo o instrutor do Sebrae, José Mesquita, “as palestras e cursos são uma forma de preparar o candidato a empresário por intermédio de questionamentos de forma gradativa sobre empreendedorismo e gestão de empresas. Este público é muito presente no Seama Comunidade e o Sebrae não poderia deixar de prestigiar este projeto”.

Em 2008, estão sendo ofertados 20 cursos nas áreas de comunicação, saúde e informática, dentre eles os cursos de Informática Básica, Patologia Sistêmica, Normas da ABNT, Compreendendo o Terceiro Setor, Oficinas de Papel Machê, Oficinas de Alimentos, além dos cursos de empreendedorismo Saber Empreender, com a instrutora Ana Maria Pimentel, Palestras Gerenciais, com o instrutor José Mesquita, e a palestra motivacional “As escolhas do novo cenário do mercado de trabalho”, com o técnico do Sebrae, André Luiz Aires Gomes. Todos os cursos serão certificados tanto pelo Seama quanto pelo Sebrae.

Os cursos para realização das duas edições anuais do Seama Comunidade foram escolhidos em pesquisas realizadas pela Faculdade Seama nos bairros da capital. “Parcerias são benéficas para a comunidade, e o Sebrae tem um histórico de trabalho reconhecido no auxílio à comunidade. Essa experiência delibera outras parcerias em 2008 como o projeto Sebrae na Rua, que a Instituição pretende implantar no Amapá e estenderá as atividade aos bairros e outras comunidades do estado.” disse Ana Lídia.

Segundo a técnica da área de Educação do Sebrae Amapá, Vera Matos, “cursos de empreendedorismo são importantes para a grade ofertada pela Seama, pois a comunidade precisa entender os melhores caminhos a seguir para transformar seus conhecimentos em uma oportunidade de negócio. A nossa meta é o ensino da comunidade. O Sebrae e a Seama estão comprometidos com o intuito educacional,” disse a técnica.