Curso atualiza conhecimentos em técnicas de coleta de plantas



O princípio básico para uma boa coleta de material vegetal é selecionar os ramos férteis, que na botânica significa conter a flor ou fruto. Com esta recomendação a bióloga Rosângela Sarquis deu início ao curso "Técnicas de coleta e herborização de espécimes botânicos", promovido pela Embrapa Amapá no período de 11 a 14 deste mês, para mestrandos, alunos de graduação e técnicos envolvidos em pesquisas no Amapá. O curso faz parte do programa de capacitação do projeto "Rede Amazônica de Pesquisa sobre Moscas-das-Frutas".

Na terça-feira, 11 e quarta-feira, 12, o curso é teórico, acontece no auditório da Embrapa. As aulas práticas, ministradas pelos pesquisadores do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (IEPA), Rosângela Sarquis e Salustiano Vilar da Costa Neto, envolvem a coleta de material vegetal e técnica de herborização. Na quinta-feira, 13, acontecerá na Área de Proteção Ambiental de Fazendinha, vinculada à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), e na sexta-feira, 14, no Campo Experimental do Cerrado, mantido pela Embrapa.

No primeiro dia do curso, Rosângela Sarquis, explicou que a partir de uma coleta adequada é possível definir o conceito morfológico correto da planta e a identificação da família botânica, gênero e espécie. "A identificação correta está associada a essa prática da boa coleta, se não fizer uma boa coleta infelizmente vai deixar o taxonomista com várias interrogações a respeito do material que foi coletado". Outra recomendação da pesquisadora é jamais coletar apenas uma folha. "Quando isso acontece não sabemos a disposição dessa folha no ramo, sua estrutura ou se é simples ou completa, e com isso o taxonomista não vai conseguir identificar a espécie, família e gênero da planta", acrescentou Sarquis.

Outro procedimento indispensável para uma coleta adequada é preparar-se para interagir nos diversos ecossistemas. Os materiais necessários são o podão, cinto de segurança, prensa para acondicionar o material botânico e jornal. Também é importante vestir-se de forma adequada, com botas, calça comprida e boné. Rosângela Sarquis lembra que "ninguém pode entrar numa área de coleta achando que está na sua sala ou em um ambiente qualquer, não pode perturbar o equilíbrio que existe em um ecossistema natural".

Na parte do curso dedicada à morfologia, a bióloga repassou o conceito de nomes técnicos como limbo, ritidoma e outras que são usadas no momento da coleta do material vegetal. Isto é imprescindível para produzir uma etiqueta de herbário, que é uma coleção científica. É desta forma que se vai conhecer uma espécie e o local da sua ocorrência no Estado do Amapá.

Com relação à importância desta capacitação para as pesquisas com moscas-das-frutas, Rosângela Sarquis disse que a identificação correta da planta hospedeira da praga é importante para conhecer as evoluções do inseto nos ambientes de floresta. Em busca deste conhecimento a mestranda em Biodiversidade Tropical Bianca, participa do curso. "Durante minha pesquisa (relacionada às moscas-das-frutas) irei ao arquipélago do Marajó fazer coleta de material, então podemos além de identificar as espécies de moscas-das-frutas e parasitóides, identificar também as espécies vegetais na região do Arari", citou a mestranda.

Programa:
11/03 (terça-feira)
Horário: 9h - 12 h
Local: Auditório da Embrapa Amapá
Aula teórica: Morfologia Vegetal
Instrutora: Rosângela Sarquis

12/03 (quarta-feira)
Horário: 14h - 17 h
Local: Auditório da Embrapa Amapá
Aula teórica: Técnicas de coleta
Instrutora: Rosângela Sarquis

13/03 (quinta-feira)
Horário: 8h - 12 h
Local: Área de Preservação Ambiental da Fazendinha
Aula prática: coleta de material vegetal e técnica de herborização
Instrutores: Rosângela Sarquis e Salustiano Neto

14/03 (sexta-feira)
Horário: 8h - 12 h
Local: Campo Experimental do Cerrado
Aula prática: coleta de material vegetal e técnica de herborização
Instrutores: Rosângela Sarquis e Salustiano Neto


--
Assessoria de Comunicação
Dulcivânia Freitas (DRT/PB-1.063)
[email protected]
96-3241-1551 - Ramal 215 / 9902-9959
Fax: 0xx96-3241-1480