1º de Maio

Por Nezimar Borges

Neste 1º de Maio, dia do trabalhador, dia especial para a maioria do povo, e, principalmente para os socialistas comprometidos com a classe trabalhadora. Há de se discorrer sobre o papel fundamental da classe operaria na produção dos meios fundamentais para a engrenagem da sociedade moderna. Há de se fazer uma leitura crítica da situação em que se encontram os trabalhadores no Brasil atual. Enfim, há de se fazer reflexões para uma maior conscientização das massas operárias oprimidas pelo capitalismo atroz e selvagem no mundo de hoje.

A classe trabalhadora ao longo da historia, apesar da labuta sofrida e degradante, ainda assim, reuniu forças, para uma discussão e um processo comprometida com uma dialética convergente, rumo a ser o maior poder de direcionar as ações da sociedade. Pois, como se sabe, nossa classe é que move a engrenagem do capitalismo moderno, e, como a historia é dialética, espera-se que o processo de degradação em que chegou a atual classe trabalhadora se termine com um uma mudança não muito longínqua. Haverá sempre mais a se conseguir em prol da classe trabalhadora, principalmente quando a consciência política aflora em seu eu e, a questionar o sistema que por ora o subjuga a uma nova forma moderna da escravidão.

O nosso trabalhador, por falta de educação e informação, de estar a extasiar pelas ideologias das elites através de seu braço direito, a mídia, ainda, não compreende o seu grande poder de mudar através de sua força de trabalho as grandes injustiças cometidas contra si pelas grandes conglomerados empresariais que são as forças opressoras do regime capitalista. Mas é de se esperar, e a locomotiva ou o bonde da História comprova que, as forças opressoras não se sustentam para todo o sempre e aos poucos haverá uma maior conscientização, principalmente, pois é cada vez mais sentida essa degradação da espécie humana e que esse sistema aos poucos destrói a humanidade e flagela o ser humano.

Acreditamos que o curso da história será mais uma vez canalizada para o novo sistema Socialista e democrático que surge na América latina, pois acreditamos ser a única via para se tentar a implementação do bem estar social e ambiental sem o egoísmo intrínseco a muitos serem humanos ávidos por mais poder aquisitivo e consequentemente mais destruição.

No Brasil vemos a força das classes opressoras, a mídia, através das organizações globo, o braço principal da elite capitalista estadunidense, criminalizar movimentos sociais comprometidos com a harmonia homem - meio ambiente. Vêmos a sua parcialidade diante da luta dos trabalhadores do MST Movimento do Sem Terra contra ações nefastas da empresa multinacional estrangeira que antes era do povo brasileiro - a VALE DO RIO DOCE.

Sem falar no crime contra o povo brasileiro com a doação da Vale a grupos estrangeiros. Esta empresa está eufórica com os astronômicos lucros da exploração do solo e dos rios brasileiros e, por onde explora deixa rastro de destruição, diferentemente quando era estatal, onde a lógica não era somente o lucro pelo lucro e sim interesses do bem estar social principalmente sociedade -homem - meio ambiente. Portanto trabalhador, neste dia especial, é preciso saber da grande força que vos têm e, sua valorização passa pela implantação do Socialismo. No socialismo o homem é o ator principal da engrenagem do sistema, diferentemente do atual e nefasto sitema capitalista, onde se faz de tudo pelo lucro, nem que para isso, com o perdão da palavra, vender até a sua própria mãe num supermercado!, Ademais cortar uma arvore!. É muito menos valorizado.

Por fim VIVA O TRABALHADOR BRASILEIRO E VIVA O SOCIALISMO!!!

Postado em www.nezimarborges.blogspot.com/