FAMÍLIA: A INSTITUIÇÃO QUE VENCE O TEMPO, DEPENDE APENAS DE CADA UM DE NÓS.

Desde a Pré-história que a primeira e mais importante instituição da sociedade humana vem se formando- a família, formada através da junção do homem com a mulher, logo, transformando-se em uma nova geração, desenvolvendo laços de parentesco e comunidade, o quais vão evoluindo, formando os grupos sociais, as tribos, os bairros, as cidades, os estados, os países e o mundo em uma grande sociedade. Pode-se dizer que a família é a instituição que prepara suas próximas gerações para uma vida com muito mais conforto e melhoria, e que tenham responsabilidade, respeitando, preservando e desenvolvendo sua cultura.

Assim a família pode ser considerada, o núcleo da educação tornando-se a fonte do progresso onde o desenvolvimento e a prosperidade se interligam, para alguns autores e religiões existe uma forma correta de relacionamento de um homem com uma mulher, que seria sua união através do casamento, permitindo assim a formalização diante da sociedade e que assumem todas as responsabilidades sociais inclusive a criação de uma família, evitando assim as práticas sexuais livres e o comportamento irresponsável, considerando qualquer tipo de relação sexual extra-matrimonial como um pecado e uma proibição.

Se observarmos e fizermos as comparações do desenvolvimento das famílias no decorrer dos tempos concluiremos que esta instituição vem sofrendo modificações e até mesmo se esfacelando e perdendo todo sua estruturação, podendo estar afetando todos os membros familiares, chego a acreditar que a mudança principal ocorrida na família foi o surgimento de um novo conceito sobre tal instituição e todos os direcionamentos são alterados. Isso tanto pode ser positivo quanto negativo para a sociedade (família é o núcleo primeiro de formação de uma sociedade).

É importante refletirmos sobre este tema, pois tudo que acontece na família é de grande relevância para a vida de todos os membros, podendo ter influências nos mais diversos aspectos como: Psicológico, Econômico, Social, Cultural etc. Sairá da família a formação de todo um processo vivenciado, o que resultará na formação de um indivíduo e que futuramente irá desenvolver consequentemente outra família.

Por isso devemos fazer esta reflexão da manutenção da família, avaliando os prós e os contras antes de tomar qualquer atitude que venha abalar toda esta instituição, na verdade o que precisamos é um pouco mais de diálogo, responsabilidade, amor e carinho, além disso,(quando falo em família não me refiro apenas no casamento constituído tradicionalmente,mas qualquer forma de vivência em familiar) algumas vezes nos encontramos totalmente fechados ou cercados por uma redoma de egoísmo que não nos permite relevar algumas situações, aumentando ainda mais nossa mania de ser um “vencedor” na relação.Porque sempre devo estar com razão? Porque se ele (a) errou eu devo errar também?.A evolução da espécie humana e sua permanência na terra dependerá muito do bom desenvolvimento da instituição familiar, convido a todos (as) a fazer uma avaliação de todo o seu trajeto familiar, tanto como filho quanto como pai ou mãe e qual o seu verdadeiro papel e o que tem feito para conservar e preservar sua família,poderíamos ir mais além e incluirmos uma espécie de estudo relacionados a Família como disciplina obrigatória no currículo escolar.

 

IVALDO DA SILVA SOUSA,Pós-Graduado em Psicopedagogia- Especialista em Educação, Graduado em Artes Plástica, Professor Arte-Educador, Presidente da Associação Comunitária do Bairro Santa Inês, Consultor em Cultura e Artesanato pelo SEBRAE-Ap, Artista Plástico e Artesão, atualmente desenvolve Projeto de Pesquisa para Mestrado na Área de Educação Infantil e Educação Indígena.Morador do Bairro Santa Inês à 28 anos,na cidade de Macapá-Ap .

[email protected]