Governos Waldez e Pedro Paulo deixam municípios de Amapá, Pracuúba e Calçoene de pires na mão

Por Eduardo Neves

Para quem pensa que só o município de Santana sofre com a falta de repasses de recursos do governo do Estado está enganado. O mesmo tratamento dos governos Waldez e Pedro Paulo é dado aos municípios de Pracuúba, Amapá e Calçoene. A constatação foi feita neste fim de semana durante a visita nestes municípios da Caravana da Frente Popular que tem como pré-candidatos ao governo do Amapá Camilo Capiberibe (PSB) e Dora Nascimento (PT).

No município de Pracuúba os moradores sofrem com as péssimas condições do ramal que tem cerca de 16km que dá acesso da BR 156 até a cidade. “Sou pescador e uso esse ramal quase diariamente não agüento mais a situação desse ramal”, desabafou o pescador Raimundo dos Santos, que chorou ao falar da situação do ramal.             

De acordo com o prefeito Mosaniel Passos (PMDB-AP), o município de Pracuúba não recebe recursos do governo do Estado e passa por uma das piores crises econômicas e sociais. “O recurso que temos dá mal para pagar a folha de pagamento dos servidores”, disse o prefeito.

A situação do ramal do município de Amapá esta pior ainda. Atoleiros e buracos são desafios para motoristas e moradores do município. “Este ramal que levávamos poucos minutos para chegar à cidade de Amapá, agora passamos quase uma hora”, disse o motorista Paulo Laurindo.

Em relação à parceria e repasses de recursos do governo do Estado para o município de Amapá, o prefeito Peba (DEM) fez um desabafo. “Eu estou há um ano e oito meses a frente da prefeitura e nesse período não recebi nenhum convênio do governo do Estado. Eu quero é ter parceiro na administração que hoje não tenho”, disse o prefeito, ao falar que o pré-candidato ao governo do Amapá Camilo Capiberibe é uma solução. “Por aqui passaram os três pré-candidatos, e você Camilo está sendo o último a visitar o nosso município, mas como diz o ditado os últimos serão os primeiros”, crê o prefeito.

Em Calçoene os professores do contrato administrativo da Secretaria de Estado da Educação (SEED) estão com salários atrasados há três meses. “Nós estamos passando até fome”, relatou o professor Damisson Ramos ao mostrar ao deputado Camilo às condições desumanas do alojamento que moram os 10 professores.  

De acordo com os professores a interiorização na ordem de R$ 200 que era ajuda de custo do governo do Estado foi cortado de cerca de 1800 professores. “Tem dias que até a água para bebermos nós não temos”, disse o professor Evandro Joaquim. O pré-candidato ao governo Camilo Capiberibe, visitou a obra de reforma da Escola Estadual professor Silvio Elito de Lima Santos, que está parada desde dezembro do ano passado. As salas de aula estão com infiltrações por todo canto. As lâmpadas e ventiladores a maioria não funciona. "A noite parece que é uma boate", relatou o professor Evandro Joaquim.     

Nas visitas aos municípios de Pracuúba, Amapá e Calçoene, da Caravana da Frente Popular formada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido dos Trabalhadores (PT) estiveram presentes a deputada federal Janete Capiberibe (PSB), o deputado estadual Joel Banha (PT), o deputado estadual Ruy Smith (PSB), a vereadora Cristina Almeida (PSB) o pré-candidato ao senado João Capiberibe (PSB), o pré-candidato ao senado professor Marcos Roberto (PT), o pré-candidato a deputado federal, tenente coronel Correa, o pré-candidato a deputado estadual Soldado Balieiro (PSB) e o representante do prefeito de Santana Antonio Nogueira e da pré-candidata a deputada federal Marcivânia, o ex-vereador de Pedra Branca Izaias (PT).  

Todas as reclamações e propostas dos moradores destes municípios serão incluídas na pauta de elaboração do Programa de Governo da Frente Popular.

 

Contato: Eduardo Neves – Assessor de Imprensa do deputado estadual Camilo Capiberibe (PSB) – 8117 2883 / 9142 6546.