Coletiva PSB-PT anuncia novos rumos para o Amapá

Em entrevista ao vivo na manhã de hoje, 8, ao Programa Feira Livre na 101 FM, o prefeito de Santana Antonio Nogueira reafirmou a aliança do PT com o PSB e garantiu que o Partido dos Trabalhadores já deixou o governo Pedro Paulo(PP). "Essa é uma decisão da maioria do nosso partido. Nós votamos uma resolução e quem quiser apoiar outra candidatura, pode apoiar, mas vai ter que sair do PT. O palanque de Camilo e Dora será o palanque oficial da candidata Dilma Roussef à presidência da República aqui no Amapá."

O pré-candidato ao senado professor Marcos Roberto ressaltou a importância de que a representação do Amapá passe por uma renovação dos dois senadores. "Vamos colocar lá um nome novo, disposto a representar de fato o Amapá e vamos também fazer justiça, devolvendo o companheiro Capi, autor da Lei Capiberibe, ao Senado".

Dora Nascimento, pré-candidata a vice-governadora na chapa encabeçada por Camilo Capiberibe, foi apresentada à imprensa e  à militância do PSB, que também estava presente na sede do PSB. "Juntos somos melhores e vamos apresentar as melhores propostas para governar esse estado. Nós temos a melhor militância do Amapá", disse Dora em sua estréia como pré-candidata a vice-governadora.

O pré-candidato ao governo Camilo Capiberibe fez uma análise da conjuntura econômica nacional e ressaltou que enquanto o Brasil vive seu melhor momento de crescimento dos últimos anos, o Amapá se encontra estagnado. "O Amapá precisa crescer como vem crescendo o país", disse Camilo, reafirmou o apoio à candidata Dilma Roussef para a Presidência da República e a experiência administrativa que PSB e PT têm juntos. "Nós não estamos voltando ao passado, nós estamos recompondo para construir uma nova realidade. Essa é a grande novidade desta eleição", arrematou o candidato. Capiberibe também anunciou uma Caravana Popular que percorrerá todo o Amapá para construir o plano de governo junto com a população.

Camilo Capiberibe disse que está muito satisfeito com coligação com o PT e gostaria muito de ampliar a coligação trazendo o PSol, partido que esteve junto com PSB nas eleições municipais. Nesta eleição o PSB deu prioridade à coligação com o PT por estar seguindo uma resolução nacional do Partido, que dispõe que as negociações do PSB no Estado se dêem prioridade aos partidos da base do governo do presidente Lula, aliado nacional do PSB. O PSol está na oposição ao governo Lula. "Demos prioridade ao PT, que é um partido da base, mas queremos sim que o PSol venha conosco e estamos conversando com eles para chegar a um acordo com base na eleição proporcional."

Estiveram na sede do Partido Socialista Brasileiro do Amapá os seguintes meios de comunicação: Jornal do Dia, Jornal Leia Agora, Jornal A Gazeta, TV Record News, Programa Rota 16 da TV Tarumã, rádio 101 FM, 105,9 - Onda Livre FM Santana, 105,9 Rádio Novo Tempo, 93 FM.

Secretaria Estadual de Comunicação do PSB.