MP constata que nova Sede do Conselho Tutelar de Santana não está em funcionamento

O Promotor de Justiça Paulo Celso Ramos, Titular da Promotoria da Infância e da Juventude da Comarca de Santana, em visita à nova Sede do Conselho Tutelar do município, localizada no bairro Nova Brasília, constatou que o prédio inaugurado este mês, não está funcionando por falta de condições estruturais e de equipamentos.

Segundo o Promotor de Justiça, “a inauguração não teve viabilidade, o prédio se encontra em perfeito estado, mas infelizmente não funciona e conseqüentemente não atende as necessidades imediatas dos Conselheiros e da população.” No prédio foram constatados vários problemas de fiação elétrica, os equipamentos se encontram nos corredores, a corrente elétrica instalada na sede é de 110w e por parte dos equipamentos são de 220w, podendo assim, causar danos maiores em sua estrutura.

Para o vigilante do novo prédio do Conselho Tutelar, Ronaldo Correa, “a estrutura da sede está perfeita só precisa funcionar, atender a população, pois a obra é um benefício não só para os santanenses, mas sim, para o nosso Estado”.

O Conselho Tutelar de Santana foi inaugurado no dia 04 de julho deste ano, a partir de uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual em desfavor da Prefeitura Municipal de Santana, que, após vistoria realizada no antigo prédio do Conselho Tutelar, constatou que as condições de trabalho eram precárias e que não atendiam as necessidades da sociedade.

Paulo Celso Ramos informou que será realizada uma reunião com o Prefeito Municipal de Santana, para discutir as medidas que serão tomadas para que o novo prédio do Conselho Tutelar do município funcione normalmente