Dono da Gautama declara que gastou tudo com irmão de Sarney.
Jornal Pequeno
23-7-2008

OPERAÇÃO NAVALHA

O exame do inquérito da Operação Navalha demonstra que, ao que tudo indica, a Polícia Federal errou o alvo. O Jornal Pequeno já exibiu com exclusividade vários comprovantes de depósitos em dinheiro realizados pela Gautama em favor da mulher e do filho de Ernani Sarney, irmão do senador José Sarney. Porém, o mais impressionante são os diálogos gravados pela Polícia Federal sobre as relações da Gautama com a família Sarney.

Em conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal no dia 5 de julho de 2006, Zuleido Veras pede para a secretária da Gautama avisar para Ernani Sarney que na terça de noite vai levar o material. Segue o resumo da conversa em poder da Polícia Federal:

DIÁLOGO

Zuleido pede para Tereza ligar para ERNANI SARNEY e avisar que transferiu sua viagem para lá na terça de noite e que vai levar o material.”

Alguns dias depois, em 11 de julho de 2006, Tereza, secretária da Gautama, liga para Zuleido e lembra de um compromisso com o Deputado Maurício Quintela. Zuleido se lamenta e diz que “que já gastou tudo agora com Ernani”. Segue o resumo do diálogo interceptado pela Polícia Federal:

DIÁLOGO

TEREZA diz que MACHADO ligou.

ZULEIDO diz que já falou com Ele.

TEREZA diz que ZULEIDO marcou para amanhã o negócio de MAURÍCIO, de Alagoas.

ZULEIDO diz que não vai ser possível amanhã, pois já gastou tudo agora com ERNANI e com o menino, e pede para marca na quinta. ZULEIDO pergunta se TEREZA disse a REIS que Ele (ZULEIDO) está em Brasília.

TEREZA diz que não falou mais com ele - disse que ZULEIDO estava vindo.

ZULEIDO diz que vai dizer que não chegou e manda ligar para Ele dizendo que está chegando na sexta trazendo as coisas - os documentos ( dinheiro).

TEREZA diz que o vôo de ZULEIDO está marcado amanhã saindo de Congonhas para Aracaju às 18 horas.”

Nessa mesma semana, em 14 de julho de 2006, a secretaria liga para Zuleido para lembrar dos pagamentos a serem realizados na semana seguinte e, mais uma vez, diz para acrescentar na lista dois nomes: Reis e, ele de novo, Ernani Sarney. Veja o resumo do diálogo:

RESUMO

PAGAMENTOS P/ 2ª FEIRA

DIÁLOGO

TEREZA diz que na lista que falou na hora do almoço, faltou falar das pessoas: REIS e ERNANI SARNEY.

ZULEIDO diz que é para dizer a REIS e ERNANI que vai ser na segunda. Diz que vai estar na terça feira em Brasília.

TEREZA diz que BRASÍLIA-MANAUS está tudo lotado.

ZULEIDO diz que prefere sair num vôo de madrugada de Manaus a Salvador.”

E nem venham reclamar que era só Ernani Sarney que recebia dinheiro. A secretária faz Zuleido lembrar de um “negócio” que ele tinha que entregar a Jorge Murad. Essa conversa, gravada em 27 de junho de 2006, foi assim resumida pela Polícia Federal:

RESUMO

JORGE MURAD - MARIDO DE ROSEANE SARNEY

MARANHÃO

DIÁLOGO

ZULEIDO pergunta quem era o usuário do telefone do MARANHÃO.

TEREZA diz que ligou e atendeu um tal de JORGE.

ZULEIDO diz que pode ser JORGE GESTOSA.

TEREZA diz que não, pois é 98 (DDD)

ZULEIDO diz que deve ser JORGE (MURAD), marido de ROSEANA (SARNEY).

TEREZA diz que acha que não, pois Ele não liga assim, direto para ZULEIDO.

ZULEIDO diz que Ele não liga, mas pode ser Ele, pois ficou de fazer uma negócio para Ele até sexta. Diz que vai ligar para Ele. ZULEIDO pede o telefone de novo.

TEREZA passa o nº (98) 9149-6075.

ZULEIDO diz que é (98) 9149-6070.

TEREZA fala que o 70 atendeu uma moça. Diz que, então, pode ser algum engano.

ZULEIDO diz que vai ver o outro nº e depois liga.”

Com tantos depósitos em dinheiro realizados em favor de Ernani Sarney, resta saber qual a relação entre ele e a Gautama. O inquérito não esclarece isso. Nem mesmo quando flagram a mulher de Ernany Sarney, assessora parlamentar do Senado Federal, recebendo dinheiro da Gautama, os policiais federais aprofundam as investigações sobre o tema. A Policia Federal não esclarece também no inquérito quais as razões que levaram a Gautama a dar tanto dinheiro para um irmão do senador José Sarney. Da mesma forma, não investigou qual o negócio que Zuleido iria fazer para Jorge Murad, marido da Senadora Roseana Sarney.