Inaugurada a fábrica de beneficiamento de camarão

Pescadores de Macapá e Santana ganham novo espaço de trabalho no Igarapé da Fortaleza, avaliado em R$ 300 mil.

Denyse Quintas
Fotos: Beliza Alfaia

A fábrica de Beneficiamento de Cmarão do Igarapé da Fortaleza foi inaugurada no último sábado 21, às 8h, na Rodovia Salvador Diniz, s/n, no Igarapé da Fortaleza. O evento contou com a parceria do Governo do Estado, Sebrae, Agência de Pesca do Amapá, e Federação dos Pescadores e Aquicultores do Estado do Amapá, a parceria para o processo produtivo será com a Cooperativa dos Pescadores e Extrativistas Vegetal e Animal do Igarapé da Fortaleza.

Segundo o governador do Estado do Amapá, Waldez Góes, a Fábrica de Beneficiamento de Camarão é a casa dos pescadores amapaenses. “Hoje, pescadores e os filhos de pescadores integrantes da cooperativa estão acreditando nesse sonho e apostando em capacitação técnica junto ao Sebrae e a Universidade Estadual do Amapá (UEAP)”, disse.

Para o diretor superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga, a estrutura faz parte de um conjunto de desenvolvimento da economia estadual, e o Sebrae é parceiro desse desenvolvimento. “A instituição vai atuar diretamente junto a cooperativa dos pescadores extrativistas oferecendo cursos de gestão da fábrica de beneficiamento e formação de preço do produto ofertado”, declarou o diretor João Alvarenga.

Entre os depoimentos emocionados estava o presidente da Cooperativa dos Pescadores Extrativistas Vegetais e Animais do Igarapé da Fortaleza (Coopercaf), Luís dos Santos, que reafirmou que a fábrica é a realização de um sonho antigo da comunidade e um passo importante para o crescimento da economia, além do agregar valor ao produto manipulado pela própria população ribeirinha. “Agradeço a parceria do Governo e Sebrae, pois esse espaço trouxe esperanças ao pescador por ajudar a expandir o mercado local”, conclui o presidente Luís Santos, informando que o próximo passo será a implantação de um processo de engorda do camarão que passará pelo monitoramento de um engenheiro de pesca.

Estiveram presentes o governador do Estado, Waldez Góes, diretores do Sebrae, João Carlos Alvarenga e Célia Brazão, gestor do projeto Pesca Artesanal do Sebrae, André Aires, presidente da Colônia Z-16 dos Pescadores de Santana, José Vivaldo dos Santos Sena, presidente da Cooperativa dos Pescadores Extrativistas Vegetais e Animais do Igarapé da Fortaleza (Coopercaf), Luís dos Santos, presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Amanajás, Procurador Geral do estado, Marcos Reategui, deputado estadual, Moisés Souza, Secretário Especial de Desenvolvimento Econômico do Amapá, Antônio Farias, deputado federal, Evandro Milhomen, presidente da Federação dos Pescadores do Amapá (Fepap), Raimundo Nobre, Secretário de Estado do Desporto e Lazer, Hildo Fonseca, presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Iraçu Colares, deputado federal, Sebastião Rocha, presidente da Pescap, José Oliveira e o presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Paulo Moura.