MP incinera produtos piratas

Nesta terça-feira (01/07/2008), os Promotores de Justiça Eder Abreu e Alcino Moraes, Titulares das Promotorias de Investigações Civis e Criminais (PICC) e de Defesa do Consumidor, respectivamente, efetuaram a primeira etapa da incineração de produtos piratas apreendidos no Estado, queimando 4.000 DVDs e 532 CDs. A finalidade foi conscientizar a população sobre as reações maléficas causadas pela pirataria.

A ação realizada pelo Ministério Público Estadual teve a parceria da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio/AP) e do Sindicato das Videolocadoras do Amapá (Sindvídeo/AP).

Segundo o Promotor de Justiça Eder Abreu, “essa é apenas a primeira etapa de várias que o MP promoverá em prol da sociedade, pois já conseguimos destruir mais de 4 mil produtos piratas, sendo que já foram apreendidos 15 mil”.

Para o Presidente do Sindvídeo/AP, Francisco Lindomar, “apesar de a pirataria crescer a cada dia, já estamos amenizando essa atividade em nosso Estado através de campanhas com informações detalhadas sobre as conseqüências caudadas pela pirataria, presentes em folder, cartaz, outdoor e em ações como essa promovida pelo Ministério Público e outros parceiros”.

De acordo com informações do Promotor de Justiça Eder Abreu, no próximo mês será realizada novamente a incineração de produtos apreendidos.