NOTA A POPULAÇÃO

O Sindicato dos Vigilantes do Estado do Amapá - SINDIVIAP, vem por meio deste informar que devido ao descaso dos patrões em negociar com este sindicato o reajuste salarial dos vigilantes, que os patrões não apresentaram proposta para o reajuste, que nossas perdas salariais se acumulam em mais de 26%, que não pagaram e não cumpriram o resultado do dissídio de 2006, que o desemprego aumenta na categoria, que a Secretaria de Educação do Estado, com a justificativa de redução de gastos, colocará mais de 300 pais e mães de família na fila do desemprego, que a Prefeitura de Macapá e a Secretaria de Saúde do Estado seguem a mesma lógica de aumentar o numero de desempregados em nosso Estado, mostrando qual é o verdadeiro caráter do GEA e da PMM, e que para completar, a falta de segurança nos postos permanece, onde trabalhadoras já foram violentadas nos postos, trabalhadores já foram espancados, esfaqueados e até mesmo assassinados em pleno exercício da função. Que a política do Governo Federal é para retirar cada vez mais direitos dos trabalhadores, como o FGTS através do PAC, licença maternidade, o direito de férias, de 13° salário etc através da Reforma Trabalhista, assim como pretende aumentar a idade mínima para aposentadoria tanto para homens quanto para mulheres para 65 anos através de sua Reforma da Previdência.

Assim, não tivemos outra alternativa que não deflagrar a Greve Geral para este dia 09 de julho, como forma de garantirmos nossos empregos, salário digno, melhores condições e segurança nos postos de serviço, assim bem como a garantia dos direitos mínimos dos trabalhadores brasileiros.

Assim, convidamos todos os vigilantes, seus familiares, todos aqueles que não concordam com a situação que patrões e Governos estão impondo a nossa categoria, para virem conosco neste dia 09 de julho (segunda-feira), a partir das 08 horas na Praça da Bandeira, a virem a ajudar-nos a conquistarmos nossos direitos.


Macapá-AP, 04 de Julho de 2007.



SINDIVIAP
SINDICATO DE LUTA E
INDEPENDENTE DOS PATRÕES
GESTÃO: REAGE VIGILANTE