Waldez tem audiência com Dilma e Fortes

Seis projetos do Amapá podem receber financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento

O governador do Amapá Waldez Góes estará nesta terça-feira, 10, em Brasília. A captação de verbas para projetos do Amapá que pleiteiam recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) faz parte da agenda. Waldez tem audiência marcada para as 11h30, no Gabinete Civil da Presidência da República, com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e com o ministro das Cidades Márcio Fortes.

O Amapá tem em vista seis projetos que podem receber financiamentos por meio do PAC. Os projetos priorizam as áreas de habitação, urbanização, saneamento e abastecimento. Na área de habitação e urbanização, estão as obras do Aturiá, Congós e do entorno do Aeroporto Internacional de Macapá. Na área de abastecimento e saneamento estão a primeira e a segunda etapas das obras de ampliação e melhoria do sistema de captação, além de obras nos bairros Fortaleza, em Santana, e Beirol, em Macapá.

O PAC é um conjunto de metas e ações voltadas ao desenvolvimento econômico e social do país. Em quatro anos, estão previstos investimentos na ordem de R$ 504 milhões nas áreas de saneamento, habitação, recursos hídricos, transporte e energia.

O Programa prevê também otimizar gastos públicos, incentivar investimentos privados e ainda o estimular o crédito e o financiamento a pessoas físicas e empresas. Outras medidas, como a desoneração tributária e a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) também estão na lista de ações do PAC.


Jailson Santos