Grupo de trabalhos do MME traça planos, em Macapá, para recuperação da CEA

Vinda do grupo a Macapá é fruto da audiência que o governador Waldez Góes manteve com Lula em Brasília

Um Grupo de Trabalho interdisciplinar coordenado pelo Ministério de Minas e Energia está em Macapá para traçar um Plano de Ação de recuperação da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). A vinda do grupo é fruto da audiência que o governador Waldez Góes manteve com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na última semana.

Na ocasião Waldez obteve do presidente o compromisso de não privatizar a companhia. Baseado na vontade política de Lula o grupo pretende construir um plano que seja exeqüível a curto, médio e longo prazo,e que possa ser reconhecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Annel) dentro do processo que está em andamento.

“Acredito na possibilidade de salvar a companhia. Estamos com um voto de confiança do presidente Lula na construção de uma alternativa compartilha para a Companhia”, diz Waldez Góes. Técnicos da Eletrobrás, Eletronorte, Secretaria da Receita Estadual e da própria CEA fazem parte do grupo que manterá reuniões até a próxima quinta-feira,12. Após esta rodada de trabalho o grupo volta a se reunir em Brasília.

Durante o encontro de apresentação do grupo ao governador, no Palácio do Setentrião nesta segunda-feira, 9, ficou definido que até o próximo dia 20 de julho o Plano de Ação estará pronto para ser entregue ao Gabinete Civil da Presidência da República.

“Estamos aqui para dar suporte aos técnicos da CEA. Ficamos surpresos com a visão administrativa do governador Waldez Góes e com sua vontade de solucionar os problemas da Companhia. Estamos trabalhando em um plano que seja factível”, avalia Ricardo Medeiros, assessor especial do ministro de Minas e Energia.

Márcia Serrano