Trecho sul da BR 156 sem perspectiva de inicio de pavimentação

Eduardo Neves

Durante sessão solene desta segunda-feira, 10, na Assembléia Legislativa, o secretário de infraestrutura, Odival Monterrozo, disse que o trecho sul da BR 156, que liga Macapá a Laranjal do Jarí, depende de liberação de dinheiro do Governo Federal para o início da pavimentação, além disso, existe pendência em relação ao projeto executivo e as licenças ambientais da rodovia federal, que se arrastam desde 2006.

Segundo o deputado estadual, Camilo Capiberibe (PSB/AP), pelas informações prestadas pelo secretário Monterrozo, não há esforço do governo Waldez, e do líder da bancada no congresso, senador Gilvam Borges (PMDB/AP), em resolver a situação. “Nós temos o coordenador da bancada senador Gilvam, que não tem se empenhado, a não ser em buscar concessões de rádios para sua pessoa. Mas, na hora de alocar recursos para a BR, me parece que falta prestígio político, tanto do senador quanto do governador”, ironizou o deputado.

No período das chuvas, associado aos inúmeros buracos, crateras e a lama, a viagem que dura em média 6h, os motoristas estavam fazendo o trajeto em até 10h. O deputado estadual, Dalto Martins (PMDB/AP) disse que está cansado de esperar o inicio da pavimentação do trecho sul da BR 156, e desabafou. “Na estrada existe até ponte que esta debaixo de água e que quem quiser passar tem que ser assim. Depois de 5 anos de promessas dizendo que agora vai, agora vai, não é possível que não se tenha sequer o projeto ambiental concluído, o que esta faltando”, desabafou o deputado da base governista.

Durante a sessão que contou ainda com a presença do secretário de transportes do Estado, Rodolfo Torres, o deputado Camilo Capiberibe (PSB/AP), aproveitou para cobrar a pavimentação das rodovias estaduais e pediu agilidade na conclusão das obras da rodovia Alceu Paulo Ramos. “A pavimentação anda em passo de tartaruga e já deveria ter chegado ao Município de Cutias do Araguari, o que resultaria em grande incentivo econômico por passar pelas comunidades de produção agrícolas do Pacui”, cobrou o deputado socialista.

O pedido foi reforçado pelo deputado estadual Rui Smith (PSB/AP). “Quando eu era secretário de transporte fui eu que fiz o projeto da rodovia estadual Alceu Paulo Ramos, além disso, foi feita a licitação da pavimentação e o inicio da primeira fase da obra que chegou até o final da comunidade do Curiaú em 2001. Hoje a pavimentação após sete anos, não avança, o que mostra falta de competência”, destacou o deputado.

Eduardo Neves 8117 2883.