TERRORISMO AMEAÇA O BRASIL
Ruy Guarany Neves


A revista CAMBIO, de grande circulação na Colômbia, publicou matéria, afirmando que a facção terrorista FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) , já se infiltrou em território brasileiro. Essa afirmação, se baseia em dados captados na Internet, pelo serviço de inteligência colombiano, que hoje conta com a orientação e participação dos Estados Unidos, através do “Projeto Colômbia”,cuja finalidade é dotar aquele país,dos meios necessários ao banimento da facção terrorista FARC, que , além de praticar seqüestros , torturas, mortes e manter em cativeiro à céu aberto, políticos e pessoas do povo, dá cobertura armada ao fluxo do narcotráfico , que entra na Amazônia através do rio Orinoco e alimenta a proliferação da droga, no Brasil e outros paises.

Muito embora o governo brasileiro afirme não ter qualquer ligação com a guerrilha colombiana, isso não é motivo para afastar as preocupações,até porque, a revista afirma que essa ligação existe, citando o envolvimento do PT, onde os nomes dos ex ministros José Dirceu, Roberto Amaral, deputada distrital Érika Kokay e, como se não bastasse, o chefe de Gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho, como principais elementos de ligação com a facção terrorista.

Até bem pouco tempo, o presidente Lula , contrariando ao que afirmam os governos dos paises do primeiro mundo, de que as FARC praticam o terrorismo, tentava fazer prevalecer a idéia de uma facção odeológica e chegou a oferecer a Amazônia, para um encontro entrre o chefe das FARC e o presidente da Venezuela, Hugo Chavez. Estranhamente, de repente, Lula mudou de idéia, ao ponto de oferecer ajuda do Brasil, para combater as FARC. Bem analisado, pode ser uma estratégia, para tentar “camuflar” o ingresso de membros da organização, no Brasil. Por outro lado, o surgimento de “milícias”, que já dominaram 171 comunidades do Rio do Janeiro, não vem merecendo qualquer manifestação contrária, tanto do presidente, quanto do PT.

Maior estranheza, é o silêncio do presidente, em torno da sucessão presidencial em 2010. Após repetidas declarações , em que Dilma Roussef, Chefe da Casa Civil da Presidência da República, era apontada como virtual candidata do PT, para disputar as eleições de 2010, Lula calou-se e não falou mais nisso.

Se analisarmos atentamente, fatos que vêm acontecendo em nosso país,em que, dados econômicos são manipulados, a favor de uma estabilidade e um crescimento, que, em termos globais, não existe; as manobras do governo petista, com o objetivo de enfraquecer as instituições, massificar um falso índice de credibilidade ao presidente Lula e levarmos em consideração a “bombástica” reportagem da revista Cambio, tudo leva a crer, de que, está em andamento, todo um processo ,com a finalidade de golpear a democracia e transformar o Brasil, em república socialista,aos moldes de Cuba e outros paises que adotam o regime do “ferrolho”. Certo de que contará com a fidelidade do PT e o apoio irrestrito de partidos não alinhados à esquerda, mas que, são recompensados com ministérios e outros cargos importantes da administração pública federal , Lula vem mantendo a sua imagem em alta. Sentindo-se “senhor da situação” e supostamente, contando com o apoio de “forças estranhas”,acompanha o desenrolar dos acontecimentos, sem se afastar da verdadeira filosofia petista, que é o domínio do poder , através da luta armada.

Reunidos nesta quinta feira, no Clube Militar do Rio de Janeiro, cem oficiais generais reformados , proferiram ataques ao presidente da República e solicitaram uma investigação sobre a possível ligação do governo brasileiro com as FARCs colombianas.