Águas dão ritmo ao Amapá

Banhado por grandes rios amazônicos, estado está repleto de cachoeiras, corredeiras e até ondas para surf

Christian Brandão

Distante sete horas de vôo de São Paulo ou do Rio de Janeiro, o Amapá está no extremo norte do país. Com três quartos de sua área coberta pela floresta amazônica, o estado é largamente banhado pelos grandes rios da região Norte e pelo Atlântico.

Cursos d'água como o Amazonas, Oiapoque, Amapá e Jarí se fazem presentes no estado. E é isso que dita o ritmo de vida da região.


Águas ditam o ritmo de vida de quem mora no Amapá
Crédito: Divulgação

Estado tem belíssimas cachoeiras, como a de Santo Antonio, em Laranjal do Jari
Crédito: Divulgação

Pôr-do-sol na Serra do Navio
Crédito: Divulgação

A cachoeira de Santo Antônio está localizada no município de Laranjal do Jari
Crédito: Divulgação

A população do Amapá tem pouco mais de 500 mil habitantes
Crédito: Divulgação

Não faltam grandes corredeiras, como a do município de Calçoene
Crédito: Divulgação

Borboletas colorem paisagem na orla da cidade de Porto Grande
Crédito: Divulgação

Casa na beira do rio em Serra do Navio
Crédito: Divulgação

O surf na pororoca é uma das atrações em Cutias do Araguari
Crédito: Divulgação

Barcos são um dos grandes meios de transporte na região amazônica
Crédito: Divulgação

Praias fluviais são perfeitas para quem quer relaxar nas margens dos rios
Crédito: Divulgação

Igarapé em Fortaleza Santana
Crédito: Divulgação

Barco se aproxima de cachoeira em Laranjal do Jari
Crédito: Divulgação


Crianças na corredeira da Pedra Branca do Amapari (esquerda) e pescaria com tarrafa em Itaubal
Crédito: Divulgação