Concurso faz crítica social através da publicidade

A corrupção política e o descaso da população com seus quintais são retratados em outdoor

Joicilene Santos

“O nosso descaso, corrupção é a alegria deles”. Essa é a frase que será estampada por 15 dias em vários outdoor’s na capital amapaense. Ela faz referência à crise política que o Brasil vive hoje e ao mesmo tempo provoca uma reflexão sobre o descaso da população com seus quintais. A idéia venceu a II edição do Concurso Comunicação no Social promovido pelo curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade Seama.

O concurso acontece mensalmente e está na sua segunda edição. O objetivo é conscientizar a população sobre problemas sociais que são vividos hoje e provocar uma ação social. “O concurso quer conscientizar a população sobre temas reais que vêem gerando problemas sociais, uma boa maneira de fazer isso é através da Publicidade, um recurso que usa a criatividade para difundir mensagens”, explica o coordenador de Publicidade e Propaganda, Guaracy Silveira.

O trabalho é do aluno do 4º semestre Maurício Melo e foi escolhido após a avaliação de uma comissão composta por professores do curso. Para Maurício, é um incentivo para pensar a Publicidade não apenas no sentido da venda.

“A aprovação no concurso Comunicação no Social vem fortalecer o meu desejo de ser um publicitário. Quero usar da Publicidade não somente para vender produtos, mas para conscientizar a sociedade sobre problemas sociais como é o caso da corrupção, das doenças criadas a partir do lixo”, relata o acadêmico de Publicidade e Propaganda, Maurício Melo de Brito.

Sobre

O Concurso Comunicação no Social foi criado através de uma parceria entre a Faculdade Seama e a empresa Atos Outdoor. O primeiro outdoor escolhido tinha como tema “Dê preferência à Vida”, numa referência à conscientização de motoristas, ciclistas e pedestres no trânsito. O autor da peça é o acadêmico do 2º semestre do curso de Publicidade e Propaganda, Sérgio de Carvalho Nunes.