Candidatos a prefeito buscam no Sebrae informações sobre gestão pública

A Unidade de Políticas Públicas realizou Seminário intitulado Prefeitos Empreendedores - Parceiros dos Pequenos Negócios, direcionado aos candidatos dos 16 municípios do Amapá

Ana Pinheiro / Denyse Quintas

No seminário intitulado Prefeitos Empreendedores - Parceiros dos Pequenos Negócios, direcionado aos candidatos dos 16 municípios do Amapá, entrou em discussão a importância da gestão pública para os pequenos negócios, além de esclarecimentos sobre o processo eleitoral.

De acordo com a gestora de Políticas Públicas do Sebrae, Conceição Mira, 69% dos municípios do Estado prestigiaram o evento, número que corresponde a 11 dos 16 que integram o Amapá, totalizando 84 participantes. A maioria dos candidatos que disputam a eleição na capital, Macapá, esteve presente. “O evento proporcionou aos candidatos e participantes informações significativas sobre a importância do desenvolvimento das micro e pequenas empresas para a economia do Estado, sendo fundamental para este processo a participação dos municípios”, disse.

Segundo o diretor superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga, o foco da entidade é o fortalecimento do empreendedorismo. “A gestão pública tem que reconhecer às micro e pequenas empresas como uma fonte de desenvolvimento do município e, para isso, precisamos de um ambiente favorável, em especial para o interior, por meio da parceria Sebrae e administração pública, investindo no empreendedorismo urbano e no setor rural, portando, promovendo a cidadania e a participação efetiva dos empreendimentos na economia municipal”, declarou.

Na ocasião foram distribuídos aos candidatos o Guia do Candidato Empreendedor, lançado pelo Sebrae Nacional.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, o Guia do Prefeito Empreendedor, é uma ferramenta com várias propostas positivas para o desenvolvimento dos municípios, além de regras e prioridades para uma boa administração pública. “O empreendedorismo é importante não apenas para fortalecer a economia o Estado, já que possibilita a geração de emprego e renda, mas favorece outros setores. E o Sebrae está de portas abertas para os prefeitos”, finaliza.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Carmo Antônio de Souza, informou que o evento possibilitou o esclarecimento das medidas que estão sendo tomadas pelo TRE. “O papel da Justiça Eleitoral nesse momento não é punir e, sim, orientar e fiscalizar para que não haja abuso de poder econômico ou político. Para o TRE, o papel de um candidato deve ser de responsabilidade e respeito com o cidadão agindo de forma transparente, com ética e isonomia”, finaliza.

O evento contou com a presença de parceiros importantes como o presidente do TRE, desembargador Carmo Antônio de Souza; juíza Eleitoral Elaine Koressawa; juíza responsável pelo Juizado Especial da MPE, Sueli Pini; auditora do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Terezinha Botelho; secretário de estado da Educação, Adalto Bitencourt; secretário de Estado de Infra-Estrutura, Alcy Matos; e o presidente da Frente Parlamentar da MPE, deputado estadual, Manoel Mandi; além do presidente do Conselho Deliberativo do Estadual do Sebrae, Alfeu Dantas e membros da diretoria executiva João Carlos Alvarenga, Rosemary Fabião e Célia Brazão do Nascimento.

O encontro foi realizado no dia 18 de agosto aconteceu, no auditório do Sebrae.

Serviço:

Sebrae no Amapá:

Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312- 2832

Denyse Quintas
Analista da Unidade de Marketing e Comunicação
e-mail: [email protected]
Tel. (96) 3312.2832/9113.9793