Seminário esclarece dúvidas da imprensa

Karen Cardoso

O Seminário de Direito Eleitoral para jornalistas realizado pelo TRE-AP no último sábado, 02, reuniu palestrantes do Rio de Janeiro, Paraná e Brasília. Eles esclareceram as dúvidas da imprensa e dos universitários quanto a atuação da Justiça Federal e a preparação das eleições municipais 2008.

O evento contou com a presença do secretário de Tecnologia da Informação do TSE Giuseppe Janino, do assessor de comunicação social do TRE-PR Marden Machado, do vice-presidente do TRE-RJ Desembargador Alberto Moraes, do Juiz coordenador da fiscalização da Propaganda Eleitoral do Rio de Janeiro Luiz Márcio Pereira e da assessora de Comunicação Social do TSE Silvana de Freitas.

O seminário que durou a manhã e tarde foi iniciado com a saudação do Desembargador Carmo Antonio de Souza, seguido do Hino Nacional. Os convidados ministraram palestras mostrando o processo eleitoral, os direitos e deveres dos candidatos e partidos e acima de tudo a cobertura transparente e isenta da imprensa nas eleições. “Ás vezes a imprensa comete equívocos por não conhecer direito o processo eleitoral, então seminários como esse servem para nos fazer ver que o elo TRE - Imprensa deve se solidificar para melhor atender a sociedade”, disse a jornalista Alcinéa Cavalcante.

Segundo o presidente do Sindicado dos Jornalistas, Volney Oliveira, o Seminário veio para capacitar ainda mais a imprensa amapaense, tanto os que já atuam na área quanto os acadêmicos que antes mesmo de irem para as ruas já têm a noção do peso que tem a informação a ser dada. “O profissional que não comparece em eventos como esse perde uma importante aula”, destacou Volnei.

O Plenário Jurista Luiz Calandrini ficou ocupado não só por jornalistas, mas também por universitários e professores. Segundo o acadêmico do 5º período de Jornalismo Walber Trindade o seminário é um aprimoramento dos conhecimentos adquiridos dentro da faculdade, são valores extras que entram no currículo.

Para a professora de Jornalismo da Seama, Lucille Leane, o seminário foi enriquecedor para os universitários e para os que já atuam na área. “Atualizar-se em qualquer profissão nunca é demais, e no caso do jornalista é mais que essencial, portanto é de fundamental importância participar de eventos como esse que fortalece a relação com a justiça eleitoral, afinal a imprensa serve de ponte e tem uma responsabilidade social imensa diante dos olhos dos eleitores”, afirmou a professora Lucille.

Os juizes das zonas eleitorais dos 16 municípios estiveram presentes no Seminário e foram apresentados individualmente pelo presidente do TRE-AP, Desembargador Carmo Antonio. Segundo o juiz eleitoral de Mazagão, Saloé Ferreira da Silva, com as intensas mudanças da Justiça Eleitoral é preciso um acompanhamento freqüente da legislação. “Seminários assim facilitam a relação da imprensa com os órgãos eleitorais, evitando erros e a melhor distinção dos termos da justiça”, disse o magistrado.