Equipe de tênis de mesa do Amapá brilha em Brasília

A equipe de tênis de mesa do Amapá que disputou a Copa Brasíl-Etapa Brasília, de 31 de julho a 03 de agosto, conseguiu a melhor classificação em nível nacional de toda sua história. Formada por quatro atletas e um técnico, a seleção do Amapá conseguiu duas medalhas e a certeza de sua participação na próxima etapa, em Recife, ainda neste semestre.

Marcelo Paixão, de 34 anos, surpreendeu a todos e conseguiu a medalha de ouro(nível G), tento ainda inédito para o tênis de mesa do Estado. Marlon Rocha, de 48 anos, conseguiu a medalha de bronze (veteranos) enquanto Marcelo Rocha, 35 anos) acabou seu turno em um honroso 5° lugar. A participação especial ficou por conta de Caio Lobato (12 anos), que teve um desempenho absolutamente surpreendente para os incitantes de sua idade, para o orgulho do técnico Neto.

A seleção do Amapá conta, em sua maioria, com atletas veteranos que já militam no esporte há mais de 20 anos. Em Macapá treinam no Ginásio Paulo Conrado além da sede dos Escoteiros Mar Marcilio Dias no bairro do Trem. "Sempre contamos com o esforço e a dedicação própria, praticando o esporte por puro deleite", garantiu Marcos Rocha, vice-presidente da Federação de Tênis de Mesa do Amapá. A seleção espera contar com maior apoio na próxima etapa de Recife e espera um resultado ainda melhor para o Estado. A própria Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, em seu site na Internet, reconheceu o esforço e excelente participação da equipe do Amapá em nível nacional.