HIP HOP E GRAFITAGEM GANHAM ESPAÇO NA EXPOFEIRA

Público tem a oportunidade de conhecer de perto a arte da grafitagem, o do hip hop.

O público que visita a 45ª Expofeira do Amapá, no Parque de Exposições da Fazendinha, tem a oportunidade de conhecer de perto projetos culturais como Hip-hop e Grafite. Na Grafitagem o artista demonstra a expressão do sentimento urbano e artístico no desenvolver de seu trabalho.O segmento musical Hip-hop serve como inspiração para desenvolvimento do trabalho da grafiteiro. O projeto apoiado pelo Governo do Estado do Amapá, por meio das secretarias de Educação (Seed), da Juventude (Sejuv) e da Cultura (Secult).

O hip hop é composto por quatro segmentos: Grafite, B.boys, Mc,s, Dj’s, no Amapá tem um grupo de mais de 7 pessoas.A apresentação dos grupos está acontecendo no palco do hip-hop, próxima a arena de show, todos os dias no Parque de Exposições, das 16 as 22h, a única mulher Grafiteira do Estado chama-se Fernanda.

Segundo Sebastião Oliveira, conhecido no meio do hip-hop como vampiro, está previsto para breve o lançamento do projeto “Grafite uma historia de vida”.

Informações: 9904-3673/ 9907-8421

Vampiro ou zulu

Fernanda Sampaio