MARCHA LIBERTA AMAPÁ É TRANSFORMADA EM UTILIDADE PÚBLICA

Responsável pela realização da “Marcha Para Jesus”, no Estado do Amapá, a entidade Marcha Liberta Amapá (MLA), recebeu o título de utilidade pública, concedido pela Assembléia Legislativa (AL), do Estado do Amapá, através do projeto de Lei 005/07, de autoria da deputada Mira Rocha (PTB), que ao defender o projeto, agradeceu o apoio dos parlamentares na aprovação das matérias de interesse da comunidade evangélica, como a criação do Dia do Evangélico e a inclusão da Marcha para Jesus, no calendário cultural do Estado.

A votação realizada na sessão de ontem (18), foi unânime e vários parlamentares - Moisés Sousa, Camilo Capiberibe, Ricardo Soares, Roberto Góes, Joel Banha e Edinho Duarte -, ressaltaram a importância da instituição, que desenvolve também atividades de caráter social visando à promoção da pessoa humana nas áreas da família, educação, saúde, trabalho, assistência social, moral, religiosa, espiritual e cívico-patriótica, recreação e lazer e de preservação e conservação do meio ambiente. “Com a declaração da utilidade pública estadual a Marcha Liberta Amapá, visa dá e oferecer o apoio necessário para fortalecer as atividades afins que busquem a melhor qualidade de vida da sociedade amapaense, bem como a implantação do Reino de Deus em nosso Estado, respeitando as diferenças de raça, cor, sexo, idade e religião”, frisou o coordenador geral MLA, no Amapá, pastor Mauro Oliveira, informando que a instituição foi fundada em 2001, tendo com finalidade congregar todas as igrejas, comunidades e entidades cristãs. “Agradeço por tudo que a Marcha Liberta Amapá, tem feito pela sociedade amapaense e elogiou a deputada Mira Rocha, por lutar por essa bandeira”, comentou o deputado Moisés Souza (PSC). O deputado Camilo Capiberibe (PSB), classificou como positivo o movimento que reúne várias igrejas de diversas denominações evangélicas. “Essa instituição transmite valor positivo para a sociedade. Valores que são importantes para a reflexão de vida”, frisou o deputado, comentando sobre a realização da audiência pública realizada na tarde da última segunda-feira (17), na AL, com o tema: Segurança Pública e Acesso à Justiça onde a maioria dos participantes, cobrou a necessidade do resgate de valores da sociedade, valor cristão e da proximidade com irmão. Já o deputado Jorge Souza, citou a força do povo evangélico que vem crescendo no Estado do Amapá.

Everlando Mathias