Parceria pretende reduzir vítimas do trânsito

Brasília, 18/09/2007 - O lançamento da Semana Nacional do Trânsito no Congresso Nacional foi marcado pela publicação dos “10 Mandamentos do Trânsito Seguro”. A cartilha foi produzida em parceria da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro com a CNBB, o Ministério das Cidades, os Correios e o Denatran. Os mandamentos foram lançados pelo Vaticano em 19 de junho. No Amapá, o gabinete da deputada Janete Capiberibe (PSB) distribuiu folhetos com os 10 Mandamentos do Trânsito Seguro e orientações sobre direção defensiva.

“Precisamos educar a sociedade para humanizarmos as relações no trânsito”, afirmou a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP), coordenadora da Frente pelo Estado do Amapá. A parlamentar quer ainda fiscalização mais dura sobre os condutores e os veículos e o cumprimento das punições previstas na lei para os motoristas infratores.

Por ano, cerca de 35 mil pessoas morrem em acidentes e estima-se que um número equivalente morra em decorrência deles. Isso representa 100 mortes diárias em acidentes e outro tanto em período imediatamente posterior. Se os acidentes vitimam números semelhantes de condutores, passageiros e pedestres, os homens são 80% das vítimas. O consumo excessivo de álcool aparece em metade das mortes.

No Estado do Amapá, informou a deputada Janete Capiberibe, os acidentes de trânsito são a principal causa de morte, apesar do estado ter uma das menores frotas de veículos do país. Dos corpos que dão entrada na Polícia Técnica do Amapá, 26% têm como causa de morte o acidente de trânsito. O Amapá é o 11º estado brasileiro onde mais se morre por acidente de trânsito.

A parceria da Frente Parlamentar com CNBB, Ministério das Cidades, Correios e Denatran facilitará a distribuição das cartilhas com os 10 mandamentos, publicados pelo Vaticano. Os mandamentos serão distribuídos pelos Correios e também pelas Igrejas. As duas instituições são as que têm maior capilarização dentre todas as instituições públicas brasileiras.

Na cartilha, os mandamentos do Vaticano receberam comentários elaborados pela Frente Parlamentar, como o que segue o 10º mandamento, que trata da responsabilidade sobre o outro: “Ninguém é mais do que ninguém, mas todos somos menos sem o outro. Somos mutuamente responsáveis pela vida e pela paz nas estradas. Seja solidário”.

A Semana Nacional do Trânsito vai até dia 25 e neste ano prioriza a educação do jovem no trânsito.

DICAS DE DIREÇÃO DEFENSIVA

Faça uma revisão antes de iniciar qualquer viagem;

Evite comida pesada, bebida alcoólica e cigarro, pois diminuem os reflexos.

Não dirija se estiver nervoso, deprimido, revoltado, estressado, sonado etc.

Não dirija se faz tratamento com algum remédio que provoque sono ou diminuia os reflexos.

Ao entrar numa rodovia, ganhe velocidade pelo acostamento; ao sair, sinalize e diminua a velocidade aos poucos;

Jamais faça ultrapassagens e nunca pare sobre pontes e viadutos.

Só ultrapasse pela esquerda. Se não der, desista da manobra.

No início da chuva, espere a água limpar a poeira do pára-brisa para depois ligar o limpador.

Segure o volante com as duas mãos.

Antes do início da curva diminua a velocidade, durante a curva, acelere gradativamente. Isso fará o veículo “assentar” na pista.

Uma das melhores formas de evitar acidentes é prever os erros dos outros. Isso oferece tempo dos outros corrigirem o erro ou você se adaptar à situação.

Ao receber um farol alto, não olhe para o outro veículo. Olhe para o centro da pista.

Observe as intenções de manobra dos outros veículos e previna-se para uma reação rápida, se for preciso.

Veículos que se aproximam lateralmente do veículo à sua frente, dão uma forte suspeita de que irão “fechá-lo” assim que houver uma brecha. Diminua a velocidade e dê essa brecha de forma controlada.

Quando um veículo ficar em dúvida se que vai ou não entrar na pista, assuma o comando. Diminua a velocidade e pisque o farol alertando ao outro motorista que ele pode entrar.

Um veículo cambaleando levemente de um lado para outro indica que o motorista está sonado ou bêbado. Afaste-se.

Nunca fique entre dois veículos mais pesados que o seu. Nunca fique na frente de um veículo mais pesado que o seu. A ação dos freios de um veículo pesado é mais lenta que a do veículo leve.

Quando estiver parado e perceber que será colidido na traseira, solte o freio. O carro solto reduz o impacto da batida. Se for batido na lateral, ofereça a parte de seu veículo que não tem passageiros. Se for bater na traseira de alguém, tente colidir com as laterais traseiras, que são as áreas de maior segurança.

Sizan Luis Esberci