Moveleiros do Amapá recebem consultoria do Sebrae

A ação faz parte do projeto APL Madeira Móveis visando orientar os empreendedores a evitar desperdício da madeira, para que, assim, possam reaproveitá-la, diminuindo o impacto ambiental

Fernanda Picanço
Foto: Beliza Alfaia

Consultoria denominada Produção mais Limpa é o que o Sebrae tem levando para as movelarias do Amapá, com o objetivo de orientar sobre os danos ambientais que as sobras de madeira podem causar. Pensando nisso, a equipe do Projeto APL Madeira Móveis leva essa consultoria para que as sobras possam ser reaproveitadas e vendidas na forma de outros objetos.

Inicialmente 46 empresas optaram em participar. A primeira fase aconteceu no período de 1 a 27 de agosto e consistiu em diagnosticar junto aos proprietários e seus funcionários informações gerais como estrutura organizacional, layout, entrada e saída de materiais e fluxo de processo produtivo. A consultoria esta sendo realizada pela geógrafa Rosinete Cardoso.

A segunda fase está acontecendo no período de 3 a 27 de setembro, se estendendo até novembro, e tem como foco a verificação das informações coletadas na primeira etapa. Nesta fase a consultora Rosinete Cardoso vai a campo para analisar o local de produção, verificando quanto se perde em média do produto inicial, e o que pode ser reaproveitado para minimizar os impactos ambientais.

A consultora afirma que em “uma dúzia de madeira serrada perde-se 30% de seu aproveitamento devido à má utilização das sobras. Algumas empresas já trabalham reciclando este material e transformando em cadeiras, bancos, abajur, almofadas e outros objetos para venda a preços mais acessíveis. Tudo em prol da minimização dos resíduos de produção dentro da movelaria”, declara.

Para esta consultoria o projeto APL Madeira Moveis conta com o apoio da Agencia de Desenvolvimento da Amazônia - ADA. “Levamos conscientização e necessidade da diminuição dos impactos ambientais provocados pela atividade dos moveleiros, ao mesmo tempo em que oportunizamos ganhos extras por meio de uma produção mais limpa”, afirma o gestor do Projeto APL Madeira Moveis do Sebrae, Joseman Pereira.

Serviço:

Sebrae no Amapá:

Assessoria de Comunicação; (96)3312-2832