Vila Progresso do arquipélago do Bailique recebe cursos do Sebrae

Objetivo. Desenvolver atitudes e competências que garantirão o diferencial no mercado de trabalho.


As Unidades de Atendimento Individual e Mercado, Tecnologia e Educação do Sebrae promoveram os cursos de Artesanato com fibras, sementes, madeira e desenvolvimento de equipes, no Bailique, com o objetivo de gerar competências técnicas e habilidades sociais. A capacitação ocorreu no período de 30/09 a 05/10.

Segundo a técnica do Sebrae, Nelma Pires, os cursos foram demandados pela Coordenadoria da Juventude do Arquipélago do Bailique, com a finalidade de proporcionar qualificação para o mercado de trabalho e para a geração de renda aos moradores da comunidade.

O curso de artesanato foi ministrado pela consultora do Sebrae e artesã, Maria Servita que possui 17 anos de experiência. “Os participantes tiveram a oportunidade de aprender a confeccionar produtos utilizando a matéria-prima encontrada na própria região - bambu, palha do buriti, tururi, madeira, e outras espécies. Ainda foram ensinadas as técnicas de extração e beneficiamento da fibra da bananeira e como utilizá-la na fabricação de bolsas e outros objetos”, disse a consultora.

O curso Desenvolvimento de Equipes teve a finalidade de despertar nos participantes a importância do trabalho em equipe, além de promover e elevar a auto-estima, aprimorando as relações interpessoais e intrapessoais, entre os diversos membros do grupo.

De acordo com a técnica Nelma Pires, a ação conseguiu envolver um público bem diversificado, dentre os quais, a maioria eram adolescentes, servidores públicos das instituições governamentais representadas na localidade, e ainda, crianças, que juntos com os pais foram os destaques no curso. “Se mostraram interessados pelos conteúdos trabalhados, percebendo nessa oportunidade, o momento ideal para desenvolver atitudes mais positivas e competências que lhe garantirão o diferencial no mercado de trabalho”, concluiu.