Pesquisas amapaenses fazem parte do Congresso Brasileiro de Fisioterapia

Joicilene Santos

Pesquisas amapaenses na área da fisioterapia ganham destaque no cenário nacional. Os trabalhos “Sintomatologia de DORT referida por funcionários do corpo técnico administrativo da Faculdade Seama” e a “Proposta de utilização da eletromiografia enquanto avanço tecnológico no auxílio de prevenção da LER”, serão apresentados no dia 11 de outubro durante o Congresso Brasileiro de Fisioterapia.

As pesquisas foram realizadas através do Programa de Iniciação Científica da Faculdade Seama (PIC). O PIC disponibiliza bolsas para o desenvolvimento de pesquisas científicas. O trabalho “Sintomatologia de DORT referida por funcionários do corpo técnico administrativo da Faculdade Seama” foi desenvolvido pelo grupo de acadêmicos de fisioterapia Sérgio Menezes, Karla Suelem Figueiredo e Silãinhi Rosa, orientados pelo professor Alessandro Pin.

A equipe desenvolveu uma pesquisa sobre a sintomatologia da DORT no departamento técnico-administrativo da Faculdade. Após a conclusão dos trabalhos, os resultados foram levados à direção da IES. A pesquisa não foi em vão, resultou na criação do Programa de Prevenção a DORT aplicado ao professores da Seama.

O segundo trabalho aprovado pelo congresso, “Proposta de utilização da eletromiografia enquanto avanço tecnológico no auxílio de prevenção da LER”, foi desenvolvido pelas acadêmicas também de Fisioterapia Alyne Ferreira e kelyane Cascaes, orientadas pela professora Bianca Callegari. Com a pesquisa, a equipe ganhou o 2º lugar no prêmio de Ciência e Tecnologia do estado do Amapá. O trabalho também ganhou repercussão. A equipe criou um programa de ginástica no trabalho aplicado a todos os colaboradores da Faculdade Seama.

O Amapá será representado através do professor do curso de Fisioterapia, Alessandro Pin que fará a apresentação das duas pesquisas. Os trabalhos além de fazer parte do Congresso Brasileiro de Fisioterapia, serão publicados na Revista Brasileira de Fisioterapia.