Teleconferência sobre Aquecimento Global.

O Sesc e Senac Nacionais promoverão no próximo dia 04 de outubro (quinta-feira) em rede nacional a Teleconferência "Aquecimento Global", das 15h às 16h. Aqui em Macapá o debate poderá ser assistido na sala de Teleconferência - Sesc Araxá. As vagas são limitadas e as inscrições antecipadas podem ser feitas na própria sala de Teleconferência.

O mais recente relatório do painel intergovernamental sobre mudanças climáticas, lançado no início do ano, concluiu que o drástico aumento no uso de combustíveis fósseis está diretamente relacionado à elevação da temperatura global.

O relatório prevê que até o fim deste século a temperatura da terra pode subir cerca de 4º C. As conseqüências apontadas são trágicas: aumento no nível dos oceanos; chuvas mais intensas; encolhimento das geleiras; secas mais fortes; desaparecimento de 80% dos recifes de corais; maior freqüência e intensidade de ciclones, furacões e tornados; derretimento do gelo do Pólo Norte no verão, entre outras.

Para compor a mesa de debate, o programa contará com os conferencistas:

Luiz Gylvan - pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP, membro do IPCC - Painel Intergovernamental de mudanças Climáticas da ONU, ex-presidente da Agência Espacial Brasileira.

Roberto Schaeffer - professor de Planejamento Energético da COPPE/UFRJ e integrante do IPCC.

José Marengo - doutor em metereologia, especialista em Climatologia, pesquisados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais CPTEC/INPE.

O programa contará ainda com a colaboração de André Trigueiro como mediador do debate e de Gildete Amorim para a transmissão simultânea em Libras - Língua Brasileira de Sinais.


Juliana Coutinho