Safadeza ou Burrice

Caro Correa Neto,

É de impressionar realmente os absurdos com os quais somos obrigados a conviver diariamente, incrivel mesmo. Apesar de toda a divulgação do caos generalizado no trânsito macapaense, caos este detectado e anunciado a mais de 4 anos, convivemos com uma cidade esburacada, com ruas sem qualquer condições de trafegabilidade e para os moradores da Zona Norte o perigo eleva-se a uma potência matematica superior ao grau de imbecilidade dos projetistas, construtores, fiscais e gestores responsaveis pela construção do maior exemplo de sandice arquitetônica, a Ponte Engenheiro Sérgio Arruda. Juro que não conheço o memoravel Engenheiro, porém ainda que este tivesse praticado o mais hediondo dos crimes não merecia ter sua memoria sacaneada dessa forma. Neste momento quero prestar aos amigos e parentes do senhor Sérgio Arruda os meus mais profundos respeitos.
Diante de tal espetaculo, a tal ponte, creio que deveríamos exigir do Ministério Público (na falta deste recorrer ao Pai-do-Céu) punições exempares aos responsáveis, como sugestões:

- Uma peia de galho de cuieira assada no engenheiro que projetou;
- O ressarcimento, pela construtora, de todas as horas perdidas de trabalhadores que ficaram presos no trânsito por culpa da tal ponte;
- Para os fiscais que acompanharam os trabalhos e permitiram que tal desastre fosse elevado ao titulo de ponte a mesma pena do engenheiro trocando o galho de cuieira assado por cipó-de-fogo;
- Para o gestor responsável pela aprovação e inauguração pomposa de mais essa aberração, não vejo possibilidade de recuperação, portanto deixar-lo pendurado pelo pescoço no centro da "ponte" livraria o mundo de mais um..

Apesar dos cometários engraçados a situação é muito grave e, agravando-se mais a cada dia. Talvez para disfarçar a falta de atitudes para solucionar os problemas fecham-se as ruas por longos períodos, tornando o trânsito mais caótico, e depois de vários meses de incomodo para a população as mesmas são reabertas para o trafégo de veículos sem qualquer modificação ou melhoria. Com o perdão da palavra P. Q. P. senhor prefeito se o senhor não sabe resolver os problemas peça licença e vá embora.
Paro por aqui mas os absurdos infelizmente não.

Genner de Lima Moreira
Morador da Zona Norte