Zumbi Vive!

Porque o 20 de novembro de 2007 é o maior ato político e cultural da história das negras e dos negros do Estado do Pará? Porque é inédita a prática do Governo do Pará, de adotar a política de integração com os movimentos sociais e dar voz às populações marginalizadas pelo processo de colonização e desenvolvimento regional na Amazônia.

Tal atitude possibilita maior visibilidade às lutas históricas das populações negras e aponta para a perspectiva de diminuir não somente as desigualdades econômicas e sociais, como também indicam a tentativa de isonomia de todo esse universo de exclusão quando no confronto político com as forças conservadoras, dominantes e racistas que se instalaram nos palácios dos governos após a revolta popular cabana, e que por infinitos séculos impuseram políticas sociais para atender seus anseios de distinção, seja de classe, de cor, ou de hábitos que sedimentaram uma cultura de hierarquia e poder que até então parecia inquestionável.

Reconhecendo essa dívida histórica do poder público com a maioria das pessoas deste lugar, a luta das entidades representativas dos movimentos afros, em aliança com a proposta do Governo, passa a ser, então, uma alternativa de construção das políticas públicas de afirmação de um governo 'democrático e popular'. Dessa forma, pretendemos desconstruir as engrenagens da máquina de dominação para vir - tal qual uma onda da pororoca - apontar caminhos de superação dos mitos criados para a conformação com a condição de vida das populações marginalizadas neste Estado.

Esses muitos mitos, como por exemplo, o da 'democracia racial' procuram manter na sociedade a idéia que perpetua de estrutura excludente com que convivíamos em governos passados. Mas, acreditando que hoje já vivemos os dias onde parcerias podem construir espaços específicos para atender às necessidades da grande maioria da população, destacando a criação da Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e a instalação do Grupo de Trabalho que cria o Plano Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, poderemos assim evidenciar o protagonismo das populações negras, revelando seus conhecimentos, produções culturais, lutas, e isso pode reescrever a nossa importância nos anais da história da Amazônia.

É com essa dimensão que apresentamos esta idéia

Zumbi vive em cada um de nós.

PROGRAMAÇÃO DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA

11.11.07

abertura

Teatro Gasômetro/BELÉM

Hora: 18 horas

· Saudação afro-religiosa

· Lançamento da Nova Cartografia Social da Amazônia: Movimento Negro Urbano de Belém, produzido pelo Instituto Amazônico de Planejamento, Gestão Urbana e Ambiental - IAGUA.

· Lançamento do Mês da Consciência Negra com a participação de organizações da sociedade civil e do governo.

· Tambor de Crioula

· Grupo Maianá

· Grupo de Rap Calibre 66

16.11.07

Teatro do Gasômetro - 9h

· Assinatura do Termo de Adesão do Pacto de Combate ao Racismo e de Execução de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial entre o Governo Estadual e o Governo Federal. Com a Governadora Ana Júlia Carepa e a Ministra Matilde Ribeiro.

· Programação Cultural: Grupos de Bangüê Cinco de Ouro do Mau, de Cametá; e Samba de Cacete de Umarizal, de Baião.

18.11.07

Marcha Zumbi Vive

15 h - Concentração: Praça do CAN/Nazaré

Trajeto: Centro Arquitetônico de Nazaré até São Brás.

18h00 - Apresentações Culturais:

1. No Mercado de São Brás:

· BASQUETE DE RUA - (Horário: a partir das 14h. Instrutores: Mano Bod e Rogério)

2. No Palco em frente à Pça da Leitura:

· Grupo PARANATIVO

· Bangüê Cinco de Ouro do Maú/Cametá

· Samba de Cacete de Umarizal/Baião

· Banda de Rap Opção Verídica

· Almino Henrique

· Banda Cristal Reggae.

20.11.2007

AUDIENCIA PUBLICA NA CAMARA MUNICIPAL DE BELÉM

DEBATE: POLÍTICAS PÚBLICAS E RELAÇÕES COM O GOVERNO LOCAL

Mesa: Raimundo Jorge e Zélia Amador de Deus.

Local: Câmara Municipal de Belém, 9h.

Tv. Curuzu entre 25 de Setembro e Almirante Barroso.

 

30.11.07

20 h00 - ENCERRAMENTO DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA - RITUAL AFRO-RELIGIOSO NO TERREIRO DA MÂE NANGETU. Endereço: Tv. Pirajá 1194 - Marco. Telefone - 32267599

TODO APOIO AO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL EM BELÉM 2008

Realização: SETORIAL DE NEGRAS E NEGROS DO PARÁ:

Conselho Municipal De Negras e Negros de Belém, Mocambo, UNEGRO, CEDENPA, Círculo Palmarino, AMOR, Geam/Ufpa, Casa Brasil África, Intecab, Fórum Estadual da Juventude Negra, Comunidades Afro-religiosas, Cufa, Asconq, MALUNGO.

Instituições Governamentais: SEJUDH/Coordenadoria de Política e Promoção da Igualdade Racial /COPPIR, SECULT, SEDUC, Fundação Curro Velho, Fundação Cultural Tancredo Neves, Instituto de Artes do Pará.

IAP

PROGRAMA CINEMA E CULTURA NEGRA

Local: Auditório do Instituto de Artes do Pará, 17h.

19.11.07

Tudo é Brasil

(Rj, 1998, doc, PB e cor, 35, stereo, 82')

Direção, produção, roteiro e pesquisa: Rogério Sganzeria

22/11

Samba Riachão

(BA, 2001, doc, cor, 35mm, Dolby Digital, 86')

Direção e Roteiro; Jorge Alfredo.

UFPA

21.11
Mesa redonda: Ensino de História e Cultura Afro-brasileira no Pará - Lei 10639/2003.

Participantes: representantes dos movimentos sociais, dos governos e Profa. Dra. Josenilda Maués.

18h, Pavilhão B sala 5/ Campus Básico da UFPA.

22.11
Mesa redonda: Cotas como ações afirmativas no processo seletivo seriado da UFPA.

Participação dos Pró-reitorees da UFPA, Ministério Publico, CEFET, e das profas. Zélia Amador de Deus e Jane Beltrão.

18h. Pavilhão A/ Campus Básico da UFPA.

Encerramento com festa Black, Alma Livre Sound Sistem - a partir das 19h.

Fundação Curro Velho

Rua Prof. Nelson Ribeiro, 287 - Telégrafo.

12.11.07

OFICINA: CULTURA E IDENTIDADE NEGRA, REFLEXÕES INTRODUTÓRIAS.

Instrutores: Wilson Jr e Antonino Alves

Público: Instrutores da Fundação Curro Velho e interessados.

Horário: 16 às 19 horas.

23.11.07

UMBANDA: RELIGIÃO E SOCIEDADE

Ciclo comemorativo em alusão ao centenário de umbanda.local: Curro Velho, Rua Prof. Nelson Ribeiro, 287 - Telégrafo.das 9 às 22:00 h.


Casa da Linguagem

Av: Nazaré nº31, esquina com Assis de Vasconcelos

17/11

DEBATE SOBRE O GENOCÍDIO DA JUVENTUDE NEGRA

Auditório da Casa da Linguagem

Encerramento com programação Cultural.

15 ás 18h


CENTUR

14 a 20

Exposição QUILOMBOS DE ORIXIMINÁ, fotografias de Carlos Penteado, organização Instituto de Artes do Pará - IAP, com a apresentação do filme: O Negro no Pará - Cinco Décadas Depois. Sinopse: Documentário com depoimentos dos Remanescentes do Quilombo de Pitimandeua/Inhangapí, Pesquisadores Artistas e integrantes do Movimento Negro no Brasil, refletindo a importância da Obra homônima do professor Vicente Sales, direção Afonso Galindo, Produção Instituto de Artes do Pará.

16/11

Oficinas

Público - educadores, movimentos sociais e pessoas interessadas.

AÇÕES AFIRMATIVAS.

Instrutor: Apolinário

Horário: 15 às 18 horas

GÊNERO E MULHER NEGRA NAS PERIFÉRIAS

Instrutor: Igina Sales Mota

Horário: 15 às 18 horas

17.11.07

Oficinas Temáticas

Público - educadores, movimentos sociais e pessoas interessadas.

PROTAGONISMO JUVENIL NEGRO

Instrutora: Creuza Costa

Horário: 09 às 12 horas

O NEGRO NA LITERATURA BRASILEIRA

Instrutor: Prof. Nena

Horário: 15 às 18 horas

SOBRE A LEI 10.639/03

Instrutor: Prof .Liberato

Horário: 9 às 12 horas

HIP-HOP RAP

Instrutor: Preto G

Horário: 09 às 12 horas

O USO E PRODUÇÃO DO LIVRO DIDÁTICO

Instrutor: Domingos Conceição

Horário: 09 às 12 horas

HIP-HOP GRAFITT

Instrutor: Pardal

Horário: 09 às 12 horas

19/11

Debate: A religiosidade afro-brasileira na encruzilhada: Liberdade e intolerância religiosa numa perspectiva contemporânea.

Prof. Dr. José Flavio Pessoa de Barros

17h - auditório

19 e 20/11/2007: SEMINÁRIO METROPOLITANO DE EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL.

Local: Auditório, das 8 as 18h.
CULTURA E RELIGIÃO DE MATRIZ AFRICANA


A partir das 18h, no mesmo local.

Cine Libero Luxardo, sempre as 15h.

14/11 - Ô pai, ô. Sinopse: No primeiro dia do Carnaval da Bahia, os habitantes de um animado cortiço, localizado no bairro da Barroquinha, logo abaixo do Pelourinho, se debatem com a notícia de que a impiedosa dona do pobre prédio fechara o registro de água para acabar com a festa de todos.

16/11 - Quanto vale ou é por quilo? Sinopse: Uma analogia entre o antigo comércio de escravos e a atual exploração da miséria pelo marketing social, que forma uma solidariedade de fachada. No século XVII um capitão-do-mato captura um escrava fugitiva, que está grávida. Após entregá-la ao seu dono e receber sua recompensa, a escrava aborta o filho que espera. Nos dias atuais uma ONG implanta o projeto Informática na Periferia em uma comunidade carente. Arminda, que trabalha no projeto, descobre que os computadores comprados foram superfaturados e, por causa disto, precisa agora ser eliminada. Candinho, um jovem desempregado cuja esposa está grávida, torna-se matador de aluguel para conseguir dinheiro para sobreviver.

17/11 - Amistad. Sinopse: No século XIX, na costa de Cuba, dezenas de escravos africanos se libertam das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Todos sonham em retornar para a África, mas como desconhecem a navegação, se vêem obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados na costa dos Estados Unidos. À princípio, os africanos são julgados pelo assassinato da tripulação. O caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren (Nigel Hawthorn), que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois assim estaria agradando os estados do sul e a Espanha, já que a jovem Rainha Isabella II (Anna Paquin) alega que tanto os escravos quanto o navio são seus e devem ser devolvidos. Mas os abolicionistas vencem, e no entanto o governo apela e a causa chega a Suprema Corte Americana. Este quadro faz o ex-presidente John Quincy Adams (Anthony Hopkins), um abolicionista não-assumido, sair da sua aposentadoria voluntária, para defender os africanos.

18/11 - A cor púrpura. Sinopse: Georgia, 1909. Em uma pequena cidade Celie (Whoopi Goldberg), uma jovem com apenas 14 anos que foi violentada pelo pai, se torna mãe de duas crianças. Além de perder a capacidade de procriar, Celie imediatamente é separada dos filhos e da única pessoa no mundo que a ama, sua irmã, e é doada a "Mister" (Danny Glover), que a trata simultaneamente como escrava e companheira. Grande parte da brutalidade de Mister provêm por alimentar uma forte paixão por Shug Avery (Margaret Avery), uma sensual cantora de blues. Celie fica muito solitária e compartilha sua tristeza em cartas (a única forma de manter a sanidade em um mundo onde poucos a ouvem), primeiramente com Deus e depois com a irmã Nettie (Akosua Busia), missionária na África. Mas quando Shug, aliada à forte Sofia (Oprah Winfrey), esposa de Harpo (Willard E. Pugh), filho de Mister, entram na sua vida, Celie revela seu espírito brilhante, ganhando consciência do seu valor e das possibilidades que o mundo lhe oferece.

FIEPA

22/11.

DEBATE: A participação do negro no mercado de trabalho

Participantes: representantes dos movimentos sociais.

Auditório da FIEPA, 16h.

AÇÕES NOS BAIRROS

15.11.07

TERRA FIRME

Terreiro da Força de Bamburucema

Av. Perimetral - Rua 06 de setembro nº 72.

Oficina: CULINÁRIA AFRICANA

Horário: 9 às 12 horas

Instrutora: Mãe Beth

Oficina: O CABELO DO NEGRO COMO ESTILO POLÍTICO

Horário: 14 às 17 horas

Instrutora: /Byane Sanches

19.11.07

TERRA FIRME

Terreiro de Oxum, Sede da Rede Saúde nos Terreiros.

Rua da Olaria, 34 - Terra Firme

Oficina: SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA

Instrutora: Mãe Nalva

Horário: 15 às 18 horas

16.11.07

SÃO BRAZ- TERREIRO DE OXAGUIÃ

Rua Américo Sta Rosa nº 42 , entre Deodoro de Mendonça e Bruno de Menezes

Informações: 3229-8938

Oficina: RELIGIÕES DE MATRIZ AFRICANA

Horário: 15 às 18 horas

Instrutor: Pai Tayandô

18/11

SÃO BRÁS

Mercado de São Brás.

Basquete de rua

Instrutores: Mano Bod e Rogério

Horário: 14 às 17 horas

18/11

Programa especial Sintonia do Reggae

Debate: A consciência negra

15h - Rádio Comunitaria Expresso FM - 106,9MHz.

18/11

ICOARACI

Espaço Cultural Coisas de Negro

Av. Cristóvão Colombo, 1081

FESTA - Reggae em homenagem a Zumbi dos Palmares

A partir das 20h.


ANANINDEUA


13.11

Câmara Municipal de Ananindeua

Audiência Pública para a Criação do Conselho Municipal de Negras e Negros
Horário: 9h

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Abacatal

Oficina: Gestão de Produtos Artesanais.

Instrutora: Carla Abucater

CH. 40 horas

22/11

A CONTRIBUIÇÃO DO NEGRO NA MÚSICA BRASILEIRA

Instrutor: Amador Conceição

Horário: 15 às 18 horas

Escola Jardim Amazônia - Tv. C, 396/ Aurá - Ananindeua.


22/11

Oficina: COMUNICAÇÃO POPULAR

Horário: 9 às 12 horas

Instrutor: Paulo Lepo

Ananindeua- Escola Alvaro Adolfo/Guanabara



ACARÁ

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Igarapé Caixão

Oficina: Beneficiamento e Processamento de Biojóias.

Instrutora: Maria José Monteiro

CH: 40 horas

Comunidade - São José

Oficina: Objetos em Resíduos de Madeira.

Instrutor: Carlos Meigue

CH. 60 horas

Comunidade - Monte Alegre

Oficina: Trançados em Fibras Naturais.

Instrutor: Raimunda Cléa

CH. 60 horas

Comunidade - Itacoã - Guajará-Miri.

Oficina: Dança e Ritmo Afro - manutenção.

Instrutores: Guinê

CH. 40 horas

Comunidade - Paraíso.

Oficina: Trançado em Cipó

Instrutores: Antonio Maria

CH. 40 horas.

30.11.07

I Encontro dos Educadores do Baixo Acará.

10h na Comunidade São José, Espaço do FAMA.

ABAETETUBA

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Ipanema (1º CRAS Quilombolas das Ilhas)

Oficina: Beneficiamento de Fibras Naturais.

CH. 40 horas

Comunidade - Ipanema (1º CRAS Quilombolas das Ilhas)

Oficina: Danças Tradicionais.

Instrutora: Esperança Alves

CH. 40 horas

INHANGAPI

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Pitimandeua

Oficina: Capoeira Angola

Instrutor: Anis Chaar

CH. 40 horas

Comunidades - Cumaru e Itaboca

Oficina: Iniciação a Cerâmica

Instrutor: Ararê Marrocos

CH. 40 horas

Comunidade - Pernanbuco

Oficina: Estamparia Afro

Instrutora: Benedita Ana

CH. 40 horas

CACHOEIRA DO PIRIÁ

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Camiranga

Oficina: Confecção de Embalagens Artesanais

Instrutor: Amanda

CH. 40 horas

SÃO MIGUEL DO GUAMÁ

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidades - Nossa Senhora de Fátima do Crauateua

Oficina: Confecção de Instrumentos Musicais Percussivos

Instrutor: Ginja

CH. 40 horas

Comunidades - Santa Rita das Barreiras, São Luiz e Menino Jesus

Oficina: Capoeira Angola

Instrutor: Mestre Bezerra

CH. 40 horas

CAMETÁ

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Matias

Oficina: Produção de Objetos Arte

Instrutor: Tio Chico

CH. 40 horas

Comunidade - Porto Alegre

Oficina: Artesanato em Madeira

Instrutor: Maurileno Sanches

CH. 60 horas

MOJU

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidades - África e Laranjituba

Oficina: Artefatos em Madeira

Instrutores: Olgarino Souza

CH. 40 horas

19.11.07

Ato público em frente ao fórum de justiça de Moju pedindo o julgamento de crimes de racismo.

10h

20.11.2007
INSTALAÇÃO DO CONSELHO DE NEGRAS E NEGROS DE MOJU

Local: Ginásio da Prefeitura de Moju

9 as 16h

CONCORDIA DO PARÁ

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Comunidade - Cravo

Oficina: Confecção de Objetos em Fibras

Instrutora: Sonia Soares

CH. 40 horas

22/11

Sessão Especial de Criação do Conselho Municipal do Negro de Concórdia do Pará. local: Câmara Municipal de Concórdia do Pará. 9h. Responsável: Byany Sanches 91372285.

26 a 30/11

Oficina

Simbologia e Estética da Mulher Negra.

Local: Escola Aluisio Chaves. 14 as 17h.

Instrutora: Byany Sanches


CASTANHAL

14 a 23.11

Oficinas de arte e ofício nos Quilombos

Realização: Fundação Curro Velho, SEJUDH/Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial

Associação de Consciência Negra Quilombo

Oficina: Confecção de Instrumentos Musicais Percussivos.

Instrutor: Aritanã

CH. 40 horas

13 a 20/11:

Org. ASCONQ, fone: 88470537

· Sessão especial na Câmara de vereadores no dia 13/11 as 9h - "Políticas de ações afirmativas para negras e negros: o direito à educação, cultura, saúde e assistência social";

· Atividades artísticas;

· Jornada educativa;

· Concurso de beleza negra, dia 17/11;

· Celebração Afro-religiosa na Pça da Estrela, dia 16/11 as 19h.