GEA abre campanha contra a violência doméstica

Autoridades e técnicos do Governo discutem novos horizontes para defesa da mulher amapaense

Nesta segunda-feira, 5, o Governo do Amapá fez a abertura oficial do Mês de Enfrentamento à Violência Doméstica. O objetivo é fortalecer a campanha de combate a Violência contra a Mulher no Amapá. O evento acontecerá às 15 horas, no Salão Nobre do Palácio do Setentrião, em Macapá e vai reunir autoridades e representantes de segmentos que atuam na defesa da mulher amapaense.

Na ocasião, o governador Waldez Góes ressaltou a importância da existência no Estado da Rede de Atendimento a Mulher (RAM) e vai garantir apoio incondicional às mulheres vítimas de escalpelamento (acidente em embarcações ribeirinhas).

A Secretaria Extraordinária de Políticas Para as Mulheres (Sepm), no Amapá, trabalha pela igualdade de oportunidades entre mulheres e homens. A secretária Ester de Paula de Araújo fez explanação sobre a atuação da RAM no Estado. Além disso, destacou os principais projetos desenvolvidos pela Secretaria das Mulheres.

Ester de Paula explicou que o Mês de Enfrentamento à Violência Doméstica visa trabalhar também a redução dos índices de crimes contra a mulher no Estado.

Dados divulgados pela Delegacia de Crimes Contra a Mulher (Dccm) e pela Sepm apontam que hoje no Amapá, a cada 15 minutos uma mulher é vítima de violência. A cada duas horas oito mulheres são vítimas de violência e 86 mulheres sofrem algum tipo de violência a cada 24 horas. Para Ester de Paula, os números são alarmantes e esse quadro negativo deve ser combatido.

MAIS INFORMAÇÕES: 3212-4184/8119-4149/ 9126- 1601.

Edy Wilson Silva, assessor