Ponte do rio Matapi é garantida no PPA 2008/2011


Antigo sonho dos moradores do Amapá, a ponte sobre o rio Matapi, na divisa entre os municípios de Mazagão e Santana pode ser realizado. O deputado federal Sebastião Bala Rocha (PDT-AP) apresentou emenda ao Plano Plurianual (PPA) de 2008/2011 no valor de R$ 30 milhões.

Dos R$ 30 milhões já foram aprovados 23, para os próximos 4 anos. Isto significa um certificado de garantia para a construção. Entretanto, não é suficiente. Para garantir a execução da obra devem ser apresentadas propostas, anualmente, ao Orçamento da União. Por isto, Bala Rocha já apresentou ao Orçamento de 2008 emenda no valor de R$ 20 milhões.

O rio Matapi é afluente do rio Amazonas. Percorre o município de Santana, desaguando defronte a Ilha de Santana. Atualmente, a travessia é feita através de balsas, o que retarda o fluxo de produtos e passageiros, além de maior risco e de aumento do custo de transporte. "A ponte terá aproximadamente 400 metros e vai proporcionar a melhoria na conexão da infra-estrutura e atendimento das malhas viárias da região, facilitando as relações comerciais.", justificou o parlamentar.

Bala Rocha apresentou um total de R$ 248 milhões de emendas ao Plano Plurianual (PPA - 2008-2011) para obras essenciais ao desenvolvimento do Amapá.

O PPA define as prioridades do governo por um período de quatro anos e deve conter as diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública Federal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada. O PPA estabelece a ligação entre as prioridades de longo prazo e a Lei Orçamentária Anual. Cada deputado federal pode apresentar até nove emendas individuais no PPA.

Thábata Costa