Audiência pública discute Plano de Mobilidade Urbana

A Prefeitura de Macapá realiza nesta quarta-feira (05), no Teatro Leonor Barreto (SESI), a Audiência Pública sobre Plano de Mobilidade Urbana de Macapá. O plano busca tornar o trânsito macapaense mais humanizado, proporcionando eficiência na circulação de pedestres e veículos na capital do estado.

Há aproximadamente um mês, técnicos do Instituto Rua Viva de Belo Horizonte coordenaram pesquisas sobre as principais demandas do trânsito de Macapá. O Plano de Mobilidade Urbana prevê a definição dos corredores de transporte coletivo; de cargas pesadas com horários determinados; acessibilidade para pessoas portadoras de necessidades especiais e etc. Serão feitas várias pesquisas quantitativas, por exemplo, de pedestres, bicicletas, motocicletas, veículos, estacionamentos, números de acidentes de trânsito, para diagnosticar os problemas existentes.

A Avenida FAB será a primeira a ser trabalhada como via modelo. Além da sinalização vertical e horizontal, as calçadas serão padronizadas e com acesso para pessoas com necessidades especiais. Os estudos estão avaliados em 600 mil reais que serão pagos através de convênio entre a Prefeitura de Macapá e o Governo do Estado.