CNPq contempla Grupo de pesquisa da UNIFAP

Grupo de pesquisa da UNIFAP é contemplado com projeto no CNPq para desenvolvimento de um novo medicamento

Através do edital 020/2007 - CT - Biotecnologia/CT-Saúde/MCT/CNPq/MS/SCTIE/DECIT - BIOINOVA, que integra indústrias farmacêuticas, CNPq e Instituições de pesquisa, o Grupo de Pesquisa em Fármacos da UNIFAP, coordenado pelo Prof. José Carlos Tavares Carvalho, aprovou o projeto intitulado “Desenvolvimento e estudo da eficácia e segurança pré-clínica e clínica de um creme vaginal do óleo de copaíba para infecções ginecológicas baixas” com recurso de R$ 923.195,00. A fase inicial deste projeto foi aprovada inicialmente pelo PPSUS-CNPq, e nesta fase o estudo visa padronizar e estudar a aplicação clínica desse novo medicamento a base do óleo de copaíba. Este projeto compreende a finalização com o medicamento validado, com intuito de ser introduzido no sistema de saúde pública brasileiro. Para a realização do projeto serão envolvidos bolsistas de iniciação científica, de aperfeiçoamento, de mestrado, profissionais farmacêuticos, enfermeiros e médicos da área de ginecologia liderados pela pesquisadora clínica Kátia Jung.

A Indústria Farmacêutica participante é o Laboratório Farmacêutico Almeida Prado, que é um laboratório genuinamente brasileiro, com 75 anos de existência, situado na cidade de S. Paulo, o qual cobrirá parte do projeto em relação à compra de equipamentos e pagamentos de bolsas.

O Estado do Amapá possui ampla biodiversidade, que poderá através de estudos de aplicação, gerar novos fármacos para doenças negligenciáveis ou não, como é o caso do óleo de copaíba. A aprovação desse projeto demonstra que a UNIFAP hoje conta com um grupo altamente competitivo na área de pesquisa em fármacos, já que foram aprovados apenas 13 projetos, sendo 02 da região norte do país. (Com informações do site unifap.br)