Livro vai contar a história do MPEA

Dos primeiros tempos à atualidade. A história do Ministério Público do Estado do Amapá agora está registrada em livro, escrito pelos historiadores Nilson Montoril e Edgar de Paula Rodrigues.

A obra, com 336 páginas, denominada "A história do Ministério Público do Amapá", surgiu a partir de um projeto do Procurador-Geral de Justiça, Márcio Augusto Alves, que decidiu preservar a história da Instituição, fazendo, com a edição do livro, um registro oficial.

O trabalho é resultado de dois anos de pesquisas em arquivos públicos e particulares, além de entrevistas com personalidades que fizeram e ainda fazem a história do MPEA.

Com amplas informações e material fotográfico, o livro traz uma regressão ao passado, relatando as várias fases do Ministério Público no Brasil, destacando a figura de Campos Salles, patrono do Ministério Público, que era Ministro da Justiça quando ficou definida a função específica do Promotor Geral da República. Na fase paraense, no período de 1901 a 1943, relata os primeiros Promotores Públicos que atuaram no Amapá antes da criação do Ministério Público do Estado.

O passeio na história da Instituição revela, ainda, o lado cultural dos Promotores Públicos, com a narrativa sobre Joaquim Gomes Diniz, idealizador da Canção do Amapá.

De território a Estado, todo o processo de transição e a instalação do Ministério Público Estadual, estrutura administrativa, orçamentária, primeiro concurso público para membros e servidores.

A obra registra casos pitorescos que marcaram a atuação dos Promotores Públicos no passado, e casos da fase atual que ganharam repercussão na mídia nacional e internacional, dentre eles, a experiência que usava pessoas como cobaias na localidade do Pirativa e a chacina que vitimou membros da família Magave.

Para o Procurador-Geral, Márcio Augusto Alves, a obra "A história do Ministério Público do Amapá" não poderia ficar no esquecimento. "Com este livro, pretendemos preservar a beleza de um passado vivido de forma especial por todos que fizeram parte da história do Ministério Público do Estado do Amapá", enfatizou.

O lançamento do livro vai acontecer no próximo dia 10 (dez) de dezembro, na Fortaleza de São José de Macapá, às 19 horas.