Janaína Corrêa Serra - Pro Vô

Não tem mais “cafezinho de vô” pra levar. A rotina daqui vai ser outra, que é pra gente se adaptar ao ausente. Alguém se fez de fora, se fez embora mundo adentro, dimensão afora.

Falta uma peça no meu jogo, um personagem na minha história. Essa parte de mim viajou. Pegou carona pra Via Láctea, foi desvendar cometa e descobrir mistério de estrêla. Esse meu homem herói subiu em trem-bala, foi mais rápido do que havia planejado, mas afinal se fosse lento não lhe caberia a autoria.

Quando o físico se vai e só as lembranças se fazem presentes, surge a tal da saudade. Achamos chato se não sentimos tocar mão com mão ou se não olhamos cara a cara. Tolice, pura coisa dos que não aprendem a usar o instrumento mais bonito que há. Povo que esquece de acionar o coração. O amor é maior que todos os tipos de pontes e conexões.

Tonico, canta pra mim. Vô, não quero dormir antes de poder ouvir Carinhoso na tua voz. Ou então antes de escutar que a Pepita de Guadalajara não tem vergonha na cara e que a estrela Dalva no céu vai despontar. Precisava que os teus brancos e prateados deitassem no travesseiro vizinho pela última vez, mas a vida gosta dessas surpresas, adora fazer nossos anjos voarem alto de repente, sem avisar.

Amor meu, não vou te prender, não. Se agora tens asas é porque teu destino é estar no alto, no teu céu de palavras, nessa imensidão azul. Mas olha, vem nos meus sonhos dar um “oi”, vem de vez em sempre que assim não morro de saudade. Como dirias pra mim: Nas nuvens ou na insensatez, me beije só mais uma vez, depois volte pra lá.

Janaína Corrêa Serra

7 comentários sobre “Janaína Corrêa Serra - Pro Vô”

  1. João Ares da Silva diz:

    Janaína, não sei a sua idade mas vejo na sua escrita o valor do VÔ aqui nesta terra. O seu avô foi(“é”) um marco na condução ética e moral da imprensa livre; aquela que não preta continência ao poder. Não fui um íntimo do seu avô mas o seu lado cidadão me colocava como um membro familiar; e pode crer o seu vô deixou uma família muito grande e tenho certeza que vocês, seus descendentes vão zelar por essa conduta e la de “CIMA” ele estará feliz por cada ação dessa família Correa Neto.

  2. Cleide Lopes diz:

    Muito linda sua mensagem mana, lendo seu texto lembro quando vc dormia com ele e ele t contava historinhas, era tao bom ver ele te chamar e t pedir m beijo. Saudades sempre vao existir e ele sempre sera lembrado com muito amor no meu coraçao..amo vcs

  3. antonio diz:

    Muito linda a mensagem. Coisas assim só sai do fundo de um coração machucado, mas ao mesmo tempo, feliz pelo amor que viveu.

  4. Michelle Pinheiro diz:

    Prima que mensagem linda , me emocionei muito , lindo lindo , bjos

  5. Ivan Brito diz:

    É muito dificil falar de alguem que se perde, principalmente quando este foi muito especial. O único consolo é saber que as pessoas boas ficarão sempre ao lado de Deus olhando por aqueles que aqui ficaram lutando por um mundo melhor para todos. Parabens a você Janaina por tentar manter viva a memória de seu vô.

  6. Patrícia Côrte diz:

    Nunca mais vou escutar essa música inerte, sempre vou lembra da gente na mesa e ele e a Márcia cantando essa canção pra Maitê, tão lindo, tanta paz, tanta harmonia. Como eu sempre digo: que bom que temos as lembranças, por que com o tempo a dor se transforma(que bom que isso acontece) e vira saudade e o que seria da saudade sem as boas lembranças?! Seria apenas dor e remorso,e graças a Deus você tem as melhores lembranças e as melhores histórias desse grande homem.

  7. Vivaldo diz:

    Lindas palavras de uma neta que amou e amará muito e sempre o seu avô.
    Não há dúvidas.
    A Saudade é eterna, assim como o Amor.

Deixe um comentário

Nota do moderador: Comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra a publicação e o autor não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeos e links. Os textos devem ter relação com o tema do post. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do site.

 
Desenvolvido por Claudio Correia - Adm
Iniciado em 16/07/2012