Geleia Geral 26-11-2012

STJ convoca dez deputados.
O STJ - Superior Tribunal de Justiça mandou intimar os deputados estaduais do Amapá, Mira Rocha, Kaká Barbosa, Keka Cantuária e Michel JK, que serão ouvidos no dia 20 de fevereiro próximo em Brasília. Os deputados Eider Pena, Edinho Duarte, Moisés Souza, Isaac Alcolumbre, Charles Marques, e Manoel Brasil darão depoimentos no dia seguinte, no mesmo lugar. Tudo indica que esses depoimentos têm a ver com a Operação Mãos Limpas, e deveriam ter sido prestados há poucos meses, quando deputados e magistrados foram convocados, estiveram em Brasília, tomaram chá de cadeira, e foram mandados de volta, sem que tivessem acontecido as oitivas. Esses deputados deveriam ter sido ouvidos aqui mesmo no Amapá, mas uma determinação enviada pelo STJ para a Seção Judiciária do Amapá da Justiça Federal não foi cumprida, e os deputados foram convocados para depor em Brasília.

Conversa no Ciods
A servente conversava com a agente, ou escrivã, na sexta-feira à tarde, reclamando de sua bicicleta, “muito velha”, segundo ela. Ali mesmo, na frente de todo mundo sua interlocutora respondeu: “- na segunda-feira a gente pega o carro, vai buscar sua bicicleta, e você leva essa nova que está aqui”. Só que “essa que está aqui”, é uma bicicleta apreendida, depois de roubada, cujo dono ou dona, deve estar pagando prestações da compra.

Intimidação
No final da semana passada, o senador João Capiberibe publicou uma nota no Twitter, dizendo ter ouvido de um desembargador, ameaças de pedir o afastamento do governador Camilo Capiberibe, Instado a dar o nome do desembargador que fez a ameaça, com todas as características de intimidação, o senador não deu, pelo menos do que eu tenha conhecimento.

A moto do Patrício
Um casal de trabalhadores da área de saúde comprou uma motocicleta nova. No dia 3 de outubro a motocicleta foi roubada, ainda com vinte e quatro prestações a pagar. Este mês a moto foi apreendida no Oiapoque, depois de ter sido usada para a prática de um crime. Agora o casal dono dela deve ficar seis meses pagando transporte, porque só depois desse tempo é que a motocicleta será liberada.

Feira sem caminhões
Cerca de quarenta donos de caminhões que transportam produtos para a feira do produtor, estão chegando a três meses sem receber, vão parar de trabalhar a partir da próxima semana, se não receberem o que lhes é devido. A Cooperativa à qual estão vinculados é a Unitrap, envolvida em denúncias graves, que vinha funcionando amparada em uma liminar que foi derrubada.

Licitação sob suspeita.
Uma licitação para um estacionamento com duas mil vagas no centro de Macapá, que a Prefeitura de Macapá iria fazer no dia 23, estava sob suspeita de direcionamento, e ao que parece foi adiada. Ou provavelmente cancelada.

“Em nome de Deus”
Essa aconteceu ainda no primeiro turno da eleição em Macapá. O dono de uma batedeira de açaí no Marabaixo IV fazia discursos diários contra o governador Camilo, em protesto pelo fato de o Governo nunca ter comprado açaí dele, para servir na merenda escolar. Certo dia um cliente desconfiou, e o acusou de estar fazendo campanha contra a candidata Cristina Almeida. Ele jurou que não: “- o pastor da minha igreja não se mete em política, ele só disse para a gente não votar nem no Clécio nem na Cristina”. Pronto.

Um comentário sobre “Geleia Geral 26-11-2012”

  1. mium diz:

    Esses pastores evangélicos só votam em bandido.Lembro daquele que disse que a igreja dele estava orando pro Waldez sair da cadeia e cantar o hino da vitória.Ridículo

Desenvolvido por Claudio Correia - Adm
Iniciado em 16/07/2012