Juíza de Oiapoque pretende implementar o Projeto Pirralho

Em um levantamento inicial, feito pela Juíza titular da 2ª Vara da Comarca de Oiapoque e Diretora do Fórum da Cidade, Priscylla da Silva Peixoto, foi constatado um número elevado de crianças e adolescentes em situação de risco social na região de fronteira do Amapá. Para proporcionar a esses menores noções de cidadania e esporte, a Magistrada pretende implementar na Comarca o Projeto Pirralho.

Juíza Priscylla da Silva Peixoto

A Juíza explica que está sendo feito um mapeamento na cidade de Oiapoque para identificar as crianças e adolescentes que serão beneficiados pelo projeto. “É necessário que os menores estejam matriculados e frequentando a sala de aula”, disse ela. A Magistrada também irá avaliar o rendimento escolar da garotada.

A partir da implementação do Projeto Pirralho na Comarca de Oiapoque, os menores atendidos pelo programa terão atividades voltadas para a prática de esportes como artes marciais. “Essas crianças e adolescentes também terão noções de cidadania. É preciso que eles sejam orientados hoje para se tornarem cidadãos de bem no futuro”, ressaltou a Juíza Priscylla Peixoto.

A previsão é que o Projeto inicie na Comarca de Oiapoque a partir do segundo semestre.

Um comentário sobre “Juíza de Oiapoque pretende implementar o Projeto Pirralho”

  1. ROQUE diz:

    Espero, ansioso, pela criação de projetos antipirralhos. É muita gente no mundo, e cada dia a produção aumenta, principalmente nas classes menos favorecida.

Deixe um comentário

Desenvolvido por Claudio Correia - Adm