Governador confirma o pagamento dos servidores públicos para esta terça-feira, dia 31

Apesar das dificuldades financeiras que o Estado passa neste mês, em função da queda no repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), o Governo do Amapá confirmou para esta terça-feira, 31, o pagamento dos servidores públicos estaduais.

As medidas promovidas pelo governo federal para combater a crise mundial e estimular o consumo de automóveis e eletrodomésticos, reduzindo o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), e o grande volume de restituição do Imposto de Renda previsto para este mês, foram os responsáveis pela baixa arrecadação do FPE.

Por conta disso, as medidas econômicas acabaram afetando diretamente aos estados menores que dependem deste recurso para compor a sua receita e saldar as contas, a exemplo do Amapá, dependente de 75% do repasse do Fundo de Participação dos Estados.

Júnior Nery/Seplan

2 comentários sobre “Governador confirma o pagamento dos servidores públicos para esta terça-feira, dia 31”

  1. Edmilson diz:

    Ridículo esse tipo de comportamento que politiza até pagamento de funcionalismo público. A tal crise que chegou ao Amapá também atinge a União, mas ninguém vê a presidenta ameaçando atrasar salário do funcionalismo federal, tampouco, não repassando o que por lei cabe aos demais poderes. O que o governo faz todo dia (administra), qualquer dona de casa sabe: o inesperado pode acontecer e não se deve gastar tudo que se ganha (arrecada), pois as despesas fixas fazem parte de qualquer orçamento.

  2. Flávio Barros diz:

    Júnior, não tente capitalizar politicamente um direito, necessidade e expectativa dos funcionários públicos. É péssimo exemplo de marketing, bem estilo interiorano. Quem garante o salário do servidor na administração públia é a receita X gasto. Caso contrário, na falta de dinheiro, o governador pode perder o cargo político que exerce, momentaneamente, via assembléia ou intervenção federal. O governador Camilo parece mais um garoto propaganda, gastando dinheiro da comunicação para, a todo momento, aparecer na mídia como porta-voz da sua própria falação. Você conhce a exposição demasiada esvaziando um cargo público? Não?? Então pergunte ao “marketeiro” do governo.

Deixe um comentário

Desenvolvido por Claudio Correia - Adm