Governo do Estado prepara segunda fase das cirurgias reparadoras às vítimas de escalpelamento

O Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), está preparando a segunda fase das cirurgias reparadoras às vítimas de escalpelamento. A ação acontece nos dias 17 e 18 de agosto, e contará com o apoio da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS), Defensoria Pública da União (DPU) e Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas (SBCP). As cirurgias acontecerão no Centro Cirúrgico do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL).

O Mutirão de Cirurgias Reparadoras surgiu por meio do Termo de Cooperação firmado entre Governo do Amapá, Associação de Mulheres Escalpeladas do Estado, Defensoria Pública da União e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O objetivo é oferecer cirurgias reparadoras às vítimas de escalpelamento por eixo de embarcação no Estado.

Em maio deste ano, médicos da SBCP estiveram no Amapá fazendo as avaliações cirúrgicas, bem como a colocação de expansores (equipamento usado para esticar o couro cabeludo) nas vítimas. Agora, após três meses, 40 cirurgiões retornam à capital para dá continuidade ao processo. Ao todo, 30 pacientes estão aptas a passarem pela 2ª etapa das cirurgias plásticas e avaliações médicas, como os exames pré-operatórios, que começam nesta quarta-feira, 8.

Segundo o coordenador de Assistência Hospitalar da Sesa, Edilson Pereira, este é o momento mais esperado pelas pacientes. “Temos certeza que muitas aguardam ansiosas por esta cirurgia que irá melhorar sua autoestima. Além disso, o Estado vem priorizando esses serviços que são importantes para a população e outras ações serão realizadas para o bem-estar de todos”, comenta Edilson.

Marcilene Rodrigues, 24 anos, que é vítima de escalpelamento há 14 anos, será uma das contempladas com a cirurgia e, segundo ela, a sua felicidade será quando perceber as correções que serão feitas em seu rosto. “O meu acidente afetou o coro cabeludo e sobrancelha. Já havia perdido as esperanças, mas Deus sempre me convencia de que minha cirurgia reparadora iria chegar e, graças a Deus e o governo do Estado, chegou”, declara feliz.

Resgatando a saúde
Além da segunda fase do Mutirão de Cirurgias Reparadoras, o Governo do Amapá, por meio do PROAMAPÁ Saúde, está resgatando alguns serviços que estavam paralisados há anos, além de dá continuidade em algumas ações que foram realizadas pelo atual governo.

Desativado há mais de oito anos, o governo do Estado prepara a retomada dos serviços do Programa Visão para Todos. A iniciativa do GEA é oferecer consultas oftalmológicas, distribuição de óculos e cirurgias de catarata. A novidade na retomada dos serviços será o transplante de córnea - doença que atinge milhões de brasileiros - e o combate aos diabetes.

Outro serviço que será oferecido à população, será a continuidade da Ação de Cirurgias Ortopédicas, que acontecerá em setembro deste ano. Na primeira fase, cerca de 30 pacientes passaram pelo processo de cirurgia e agora, com a parceria do governo do Estado com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), uma nova fase da ação será executada, com Acordo de Cooperação para que médicos do Estado façam intercâmbio com os médicos do Into, para troca de experiências.


Alieneu Pinheiro/Sesa

Deixe um comentário

Nota do moderador: Comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra a publicação e o autor não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeos e links. Os textos devem ter relação com o tema do post. Não serão publicados textos escritos inteiramente em letras maiúsculas. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do site.

Desenvolvido por Claudio Correia - Adm