Empresa incubada produz biomanta, substrato e outros produtos de fibra de coco

Vitória - O que fazer com as cascas de coco que sobravam no sítio? A princípio o advogado Sebastião Martins Gomes as triturava e usava como adubo em orquídeas e outras plantas. Mas isso não bastava e ele começou a pesquisar o assunto. Quais eram as outras utilidades da fibra de coco? Procurou a Embrapa e foi à primeira edição da Feira Frutal, em 1998, no Ceará.

Anos mais tarde, já aposentado, Tião (como é mais conhecido) continuava pesquisando. Em 2009, criou o empreendimento chamado Biococo, que se tornou integrante da incubadora da Marca Ambiental, empresa capixaba responsável pela implantação do pioneiro aterro sanitário privado do estado capixaba. Biomanta de fibra de coco e látex é o carro-chefe do empreendimento.

O produto foi idealizado por Tião para ser usado na recuperação de áreas degradadas, encostas, entre outros. Por ser feita de material orgânico, a biomanta facilita o plantio de sementes e mudas, pois funciona como um’ colchão’ que se mistura à terra, ajudando a nutrir e fixar raízes de plantas recém germinadas ao chão.

Biococo desenvolve produtos a partir de fibra de coco, entre eles biomanta usada na recuperação de áreas degradadas , substrato para orquídeas e linha de artesanato

No momento, a Biococo está aguardando a chegada de equipamento que foi projetado e construído por meio de edital do Sesi/Senai. “Com essa máquina vamos produzir 3 mil m²/ dia de biomanta”, informa Tião. O equipamento manual com o qual a empresa incubada trabalhava, até então, produzia 3 mil m²/ mês. “Era muito trabalho para pouco resultado”, resume o empresário.

Quando o novo equipamento chegar, a biomanta terá uma outra novidade. O látex será substituído por linha de algodão. Esse é mais um resultado das buscas incessantes do empresário. O aperfeiçoamento provém de consultoria do engenheiro e prof. Luciano Varejão da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Além da biomanta, a Biococo também está produzindo substrato de fibra de coco (pó de casca de coco), um excelente adubo para orquídeas e plantas em vasos. Uma linha de artesanato, desenvolvida com o apoio do Sebrae ES, complementa o rol de produtos da empresa (vasos para plantas, bandeja, abajur, bolsas, etc).

A produção de fibra de coco poderia ser uma alternativa para pequenos empreendedores, sugere o empresário. Afinal o material pode ser insumo de vários tipos de produtos e empreendimentos, diz Tião. “Coco é material farto no país. Fibra de coco serve para muita coisa”, enfatiza.

-
Vanessa Brito

Deixe um comentário

Nota do moderador: Comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra a publicação e o autor não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeos e links. Os textos devem ter relação com o tema do post. Não serão publicados textos escritos inteiramente em letras maiúsculas. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do site.

 
Desenvolvido por Claudio Correia - Adm
Iniciado em 16/07/2012