Sesa contrata novas empresas para os serviços de limpeza dos hospitais

A partir desta quinta-feira, 13, os serviços de limpeza e conservação nos hospitais da rede estadual serão executados pelas empresas Bernacon Ltda e Bravha Serviços. As duas foram contratadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em caráter emergencial para substituir a empresa Amapá Serviços, que, por determinação judicial, teve de deixar os postos de serviços em 48 horas.

A imediata suspensão da prestação de serviços por parte da Amapá Serviços obedece determinação do juiz federal substituto da 1ª Vara da Seção Judiciária do Amapá, Mauro Henrique Vieira. A empresa vinha se mantendo no contrato por intermédio de ação judicial.

O secretário de Estado da Saúde em exercício, Robério Monteiro de Souza, reforçou que, após cumprir a decisão judicial, a Sesa fez a contratação emergencial de duas novas empresas. O contrato é temporário, com duração de 90 dias. Paralelo a isso, a secretaria já iniciou o processo licitatório para a contratação de empresa na área de limpeza e conservação por doze meses.

Robério Monteiro explicou que com a saída da Amapá Serviços, a Sesa economiza até R$ 300 mil/mês, cujo contrato, que era de aproximadamente R$ 1 milhão/mês, reduziu para cerca de R$ 650 mil/mês com a entrada das empresas Bernacon e Bravha.

O secretário também destacou que em reunião ocorrida nesta quarta-feira, 12, com os representantes das duas novas empresas contratadas, ficou estabelecido, por orientação da Sesa, que as duas empresas irão absolver a maioria dos trabalhadores da Amapá Serviços.

Edy Wilson Silva/Sesa

Um comentário sobre “Sesa contrata novas empresas para os serviços de limpeza dos hospitais”

  1. Luis diz:

    CONTRATO EMERGENCIAL!!!!!!

    Duvido que até o dia 13.03.2013 o “processo licitatório” esteja concluído, ou seja, o contrato esteja assinado.

Deixe um comentário

Nota do moderador: Comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra a publicação e o autor não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeos e links. Os textos devem ter relação com o tema do post. Não serão publicados textos escritos inteiramente em letras maiúsculas. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do site.

 
Desenvolvido por Claudio Correia - Adm
Iniciado em 16/07/2012